A data das eleições mudou por conta da pandemia do novo coronavírus. Ben Tavener/Anadolu Agency/Getty Images

O Congresso Nacional aprovou, em 2 de julho, uma Emenda Constitucional que adiou as eleições municipais (que irão decidir quem ocupará o cargo de prefeito, vice-prefeito e vereador nas cidades brasileiras) para o dia 15 de novembro.

As eleições estavam previstas para ser em 4 de outubro. Os políticos decidiram mudar a data para evitar aglomerações enquanto a pandemia do novo coronavírus ainda não está controlada. Já o segundo turno foi transferido de 25 de outubro para 29 de novembro.

Também ficou definido que, caso algum município ainda tenha muitos casos da doença na data, as eleições do local poderão ser adiadas até o dia 27 de dezembro. Independentemente da data em que os habitantes forem às urnas, os candidatos eleitos irão começar o mandato em 1° de janeiro de 2021.

A proposta também havia passado pelo Senado, em que foi formulada, e pela Câmara dos Deputados, que a aprovou em 1° de julho.

Saiba mais sobre as eleições municipais de 2020 no Manual das Eleições do Joca!

O que é uma Emenda Constitucional?

É uma alteração na Constituição (conjunto das principais leis de uma nação), que tem como objetivo atualizá-la ou adaptá-la a mudanças que estejam ocorrendo. Para ser aprovada, ela precisa passar por três votações: uma no Senado, uma na Câmara dos Deputados e uma no Congresso Nacional. Já o presidente da República não tem o poder de decidir se ela será aprovada ou não.

Fontes: G1, IstoÉ e UOL.

Enquete

Qual tem sido a sua diversão preferida durante o isolamento social?

Comentários (3)

  • giovanna

    1 mês atrás

    pq nao avera votaçao para presidente novo?

  • Ernesto B.

    1 semana atrás

    E VDD

  • Jornal Joca

    1 mês atrás

    Oi, Giovanna. Tudo bom? As eleições para presidente vão acontecer, mas só em 2022.

Compartilhar por email