Ramba, elefanta resgatada de circo chileno, em sua chegada ao Braisl. Foto: Divulgação/Aeroporto de Viracopos
Ramba, elefanta resgatada de circo chileno, em sua chegada ao Braisl. Foto: Divulgação/Aeroporto de Viracopos
Ramba, elefanta resgatada de circo chileno, em sua chegada ao Brasil. Foto: Divulgação/Aeroporto de Viracopos

Resgatada após denúncias de maus-tratos, a elefanta Ramba, de 53 anos, chegou ao Brasil, vinda do Chile, no dia 16 de outubro. O animal foi o primeiro desse tipo a desembarcar no terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo.

A viagem durou três horas e a megaoperação para recebê-la levou quase cinco horas. A chegada da elefanta de 3,6 toneladas (peso aproximado de 50 adultos) exigiu reforço na segurança, um guindaste, uma empilhadeira e uma equipe de 30 pessoas. Ramba foi trazida em uma caixa de quase 6 toneladas, com água, comida, controle de temperatura e câmeras internas.

O contêiner que transportou a elefanta Ramba do Chile ao Brasil. Foto: Divulgação/Aeroporto Viracopos
O contêiner que transportou a elefanta Ramba do Chile ao Brasil. Foto: Divulgação/Aeroporto Viracopos

Ela é a última elefanta de circo do Chile e há denúncias de que sofria maus-tratos. As negociações para trazê-la ao Brasil duraram seis anos. No país, ela ficará no Santuário de Elefantes do Brasil (SEB), localizado na Chapada dos Guimarães, no Mato Grosso, aonde deve chegar por transporte terrestre até o dia 18 de outubro.

No trajeto de 1.500 quilômetros, Ramba vai ser acompanhada de carros com água, comida (principalmente frutas e legumes) e uma equipe do santuário. A elefanta poderá parar em fazendas ao longo do caminho para se alimentar e passear.

Ramba é o 36º elefante resgatado pelo santuário, que tem 1,1 mil hectares e uma área reservada aos animais com 30 hectares (o equivalente a 30 campos de futebol). Vivendo ao ar livre, a expectativa de vida da espécie chega a 70 anos.

Uma equipe de 30 pessoas recebeu a elefanta Ramba no Aeroporto de Viracopos. Foto: Divulgação/Facebook
Uma equipe de 30 pessoas recebeu a elefanta Ramba no Aeroporto de Viracopos. Foto: Divulgação/Facebook

 

Fontes: G1, Estadão, Santuário de Elefantes.

Enquete

Qual é o acontecimento mais esperado de 2020?

Comentários (3)

  • TAYNA CARMELLO

    1 mês atrás

    Nós, do 2º ano do SESI- São Bernardo, estamos felizes de saber que a Ramba foi salva e levada para um lugar onde ela será cuidada e terá amigos.

  • Dixon Middle School

    1 mês atrás

    isso me faz pensar em por que eles presicam de elefaunte. sua escrita me faz pensar em que ele come.

  • South Hills Middle School

    1 mês atrás

    Esse nao e certo!!!!

Compartilhar por email