Drone2

Para estudar civilizações antigas que viveram na Amazônia, cientistas brasileiros, em parceria com especialistas dos Estados Unidos e da Europa, vão usar um drone.
O veículo não tripulado estará equipado com um laser que “atravessa” a vegetação e faz um mapeamento digital da área. Com os dados levantados pelo drone, é possível determinar o tamanho das comunidades que habitaram a Amazônia, quanto da paisagem foi alterado por essas civilizações e, mais tarde, desenvolver políticas de uso sustentável da região.
O drone tentará encontrar geoglifos, aqueles desenhos imensos feitos no solo que ainda levantam muitas dúvidas sobre o que representam. O que se sabe de fato é que indicam a existência de comportamento coletivo. A partir das descobertas do drone, satélites farão uma varredura mais completa da região.
O foco do estudo são as civilizações que estiveram na Amazônia antes de os europeus desembarcarem por aqui, ou seja, 3 mil anos antes de 1490.

Enquete

O que você está mais curtindo fazer durante o período em casa, por causa do novo coronavírus?

Comentários (0)

Compartilhar por email