Kelvin Hoefler comemora a prata no skate street. Foto: Dan Mullan/Getty Images

Destaques do dia

Brasil conquista a primeira medalha na Olimpíada

O skatista Kelvin Hoefler foi o primeiro medalhista brasileiro da Olimpíada de Tóquio. O atleta de 26 anos ficou em segundo lugar na modalidade skate street, em que os competidores precisam passar por obstáculos como escadas, corrimões e rampas. Apesar de o brasileiro ter se destacado nas provas, o japonês Yuto Horigome acabou levando o ouro.

Primeiro bronze do Brasil

Daniel Cargnin enfrentou o israelense Baruch Shmailov na disputa pelo terceiro lugar. Foto: Leon Neal/Getty Images

O primeiro bronze do Brasil também veio no dia 25 de julho. No judô, o atleta Daniel Cargnin, de 23 anos, enfrentou o israelense Baruch Shmailov na disputa pelo terceiro lugar. Antes disso, ele teve que lutar contra Mohamed Abdelmawgoud (Egito), Denis Vieru (Moldávia), Manuel Lombardo (Itália) e Hifumi Abe (Japão) – sendo que o último disputou a semifinal com ele e conquistou o primeiro lugar.

EUA são derrotados no basquete

Moustapha Fall, da França, e Jayson Tatum, dos EUA, na partida vencida pelo time europeu. Foto: Jean Catuffe/Getty Images

Uma derrota inesperada marcou a estreia da seleção masculina de basquete em Tóquio. O time, formado por algumas das grandes estrelas da NBA, como Kevin Durant e Jayson Tatum, entrou em quadra com um histórico de três ouros seguidos nas últimas olimpíadas. Entretanto, não foi o suficiente para vencer o time da França, que também reunia importantes atletas, como Rudy Gobert e Nicolas Batum. O placar terminou em 83 a 76.

Naomi Osaka vence no tênis

A tenista japonesa Naomi Osaka. Foto: Clive Brunskill/Getty Images

A japonesa Naomi Osaka, atleta escolhida para acender a pira (escultura que sustenta a chama olímpica), teve sua primeira vitória na Tóquio 2020. Ela derrotou a chinesa Zheng Saisa por 6-1 e 6-4 e continua na disputa no tênis. Sua vitória veio após ela ter ficado dois meses fora das quadras para cuidar da saúde mental, já que não se sentia à vontade para participar de entrevistas e recebeu ameaças de ser desclassificada do Roland-Garros, um dos principais campeonatos da modalidade – do qual ela acabou preferindo se retirar.

Brasileiros se classificam para as oitavas do surfe

O surfista Gabriel Medina durante a competição. Foto: Ryan Pierse/Getty Images

Os atletas Gabriel Medina e Ítalo Ferreira seguem na disputa no surfe masculino após conseguirem pontuações suficientes para se classificar para as oitavas de final. Já na categoria feminina, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima se classificaram para a próxima fase.

Fontes: Agência Brasil, CNN Brasil, O Globo, UOL e UOL.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email