Na Índia, profissional faz teste da covid-19 em paciente. Foto: Yawar Nazir/Getty Images

Em 10 de maio, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a variante do novo coronavírus encontrada na Índia ganhou o status de “preocupação global”. Esse título foi dado a ela por ser bem mais transmissível do que as que circulam desde o começo da pandemia, o que tem feito com que o número de casos tenha um aumento significativo, principalmente na Índia. 

Essa não é a primeira variante a ter o status de “preocupação global”. As cepas encontradas em Manaus (Amazonas), chamada de P.1, e a da África do Sul, conhecida como B.135, também foram classificadas desse modo.

Índia é o novo epicentro da pandemia

Em abril, a Índia se tornou o novo epicentro da covid-19. O país, que tem a segunda maior população do mundo – atrás apenas da China –, está sofrendo com a superlotação dos hospitais e a falta de recursos (como camas e oxigênio) para tratar os pacientes infectados pela doença. 

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que monitora as infecções causadas pelo novo coronavírus ao redor do mundo, a Índia é o segundo país com o maior número de casos da doença – por lá, mais de 22 milhões de pessoas já foram infectadas. À sua frente estão apenas os Estados Unidos, com mais de 32 milhões de casos. 

Fontes: Canaltech, DW, Johns Hopkins e OMS.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (3)

  • Isabella

    3 meses atrás

    jesus pelo amo de deus vamos ficar em casa #ficaemcasa

  • LUANA

    4 meses atrás

    nossa... a coisa está feia lá em estados unidos mais de 32 milhões de casos.Deus tenha misericórdia da humanidade porque assim não dá para continuar....

  • nina.santos@alunopueri.com.br

    4 meses atrás

    eu adorava o paulo gustavo que pena que o covide-19 matou ele . o covide nao e uma coisa tão ruin ,ele ajudou a ensinar a gente usar a tecnologia e a abrir a nossa mente agora estamos pasando por uma faze difisio.

Compartilhar por email