As eleições gerais na Nova Zelândia serão adiadas em um mês, anunciou a primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, em 17 de agosto. Inicialmente marcada para 19 de setembro, a votação deverá ser realizada em 17 de outubro. O motivo são os novos casos de covid-19 no país.

A Nova Zelândia voltou a ter casos de transmissão local do novo coronavírus após 102 dias. A população tinha retomado à vida normal, com eventos culturais e esportivos ocorrendo com a presença do público e sem medidas de distanciamento físico. Agora, com os novos casos, o país voltou a adotar restrições conforme a situação por região, com validade até o fim de agosto.

#pracegover: Jacinda Ardern veste roupa preta e está apoiada em púlpito durante declaração. Atrás, imagem da bandeira da Nova Zelândia. Foto: Hagen Hopkins/Getty Images

Segundo Arden, o adiamento das eleições dará tempo suficiente para os partidos desenvolverem uma campanha eleitoral diante da realidade do isolamento social e os eleitores se sentirem mais seguros. A primeira-ministra disse ainda que a data não será alterada de novo, mesmo se os casos da doença aumentarem.

Fontes: BBC, G1, governo da Nova Zelândia e The New York Times.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 155 do jornal Joca.

Enquete

Qual foi o seu game preferido do ano, até agora?

Comentários (0)

Compartilhar por email