O Brasil atingiu, no dia 13 de outubro, a marca de 100 milhões de habitantes que completaram o esquema vacinal contra a covid-19 – ou seja, receberam duas doses do imunizante ou dose única (quem tomou a vacina da Janssen só precisa de uma aplicação). O dado é do Consórcio de Veículos de Imprensa, grupo de jornais que reúne dados da pandemia do coronavírus no país.

Ao todo, o número de pessoas plenamente vacinadas equivale a 62% da população adulta ou 46% dos brasileiros. Vale lembrar que estar com o esquema vacinal completo não significa estar com a imunização completa – a proteção máxima só ocorre 15 dias após a aplicação da segunda dose ou dose única.

Primeira dose

Os dados do Consórcio de Imprensa ainda mostram que cerca de 72% dos habitantes do Brasil (ou 149,7 milhões de pessoas) já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. A média mundial, de acordo com o site Our World in Data, é de 48% da população com pelo menos uma aplicação, sendo que nos países de baixa renda a taxa é de apenas 2,5%. 

A enfermeira Mônica Calazans recebendo vacina contra a covid-19 em janeiro de 2021. A profissional foi a primeira pessoa imunizada no Brasil. Foto: Govesp/Fotos Públicas

Na classificação mundial, o Brasil ocupa o 62º lugar no quesito “população vacinada com a primeira dose”. Os Emirados Árabes Unidos, com 95% da população imunizada com ao menos a primeira etapa da vacinação, estão em primeiro lugar na lista.

Fontes: Agência Brasil, levantamento coronavirusbra1, Folha de S.Paulo, Our World in Data, Poder360 e Universidade Johns Hopkins.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email