Por Gabi Rossi

Homens e mulheres do antigo Egito usavam na maior parte do ano roupas de linho, com bem pouca costura. Geralmente, os homens usavam shorts-saia (longos ou curtos) presos na cintura, e as mulheres usavam vestidos longos e soltos, com amarração nos ombros (muitas vezes em apenas um dos ombros).

A cor predominante das roupas era o branco, não apenas porque é uma cor leve para se usar em temperaturas quentes e debaixo do sol, mas também porque, para os egípcios, era um símbolo de pureza.

Representação de um homem do antigo Egito.

Os faraós usavam roupas de linho transparentes e com pregas para mostrar status, prestígio, força e saúde. Quanto mais nobres e importantes, mais pregas suas roupas tinham. E quanto mais prestígio, mais maquiagem usavam. Pintavam os olhos com tinta bem escura e usavam essências no corpo (como perfumes).

Aqueles “cocares” usados pelos nobres egípcios também eram feitos de linho. Originalmente, eram colocados somente sobre a cabeça e amarrados atrás. Nas dinastias seguintes, os reis e faraós passaram a usar tais cocares em suas perucas (feitas de cabelos naturais bem fininhos), presos por fitas de couro logo acima das sobrancelhas.

Representação de uma mulher do antigo Egito.

Já nos pés, os ricos costumavam usar sandálias de couro adornadas com penas de animais.

Para mostrar sua proximidade com os deuses da época, os faraós usavam joias robustas, como colares pesados de ouro.

Na próxima coluna viajaremos até Roma para descobrir como eram os trajes e as vestimentas dos antigos romanos.

Quem é Gabi Rossi? 

Apaixonada por moda e tudo o que se refere a estilo, Gabi mantém tem 2 perfis de moda no Instagram: o @duvidasnocabide e o @gabirrossi09.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (3)

  • fernanda de sousa ramos

    1 ano atrás

    ADOREEI DEMAIS

  • fernanda de sousa ramos

    1 ano atrás

    ADOREEI DEMAIS GOSTEI

  • Sabrina

    1 ano atrás

    Como eram as vestimentas dos escribas?

Compartilhar por email