Por Joanna Cataldo

Um circo alemão inovou na forma de introduzir animais nos espetáculos. Em vez de usar bichos de verdade, desde 2018, o Circus Roncalli vem utilizando hologramas de animais como elefante, peixe e cavalo nas apresentações. A holografia é uma técnica usada para que imagens tridimensionais pareçam objetos reais.

Projetados no picadeiro, os hologramas se movimentam pelo palco, fazem barulho e exibem habilidades para a plateia — o elefante, por exemplo, equilibra-se usando apenas as duas patas dianteiras.

A ideia de utilizar a tecnologia para reproduzir animais surgiu em 2016, quando o dono do circo,  Bernhard Paul, viu uma apresentação em que o cantor pop dos Estados Unidos Justin Timberlake cantava ao lado do holograma do cantor Prince, que havia morrido naquele ano. “Eu fiquei tão impressionado com a técnica holográfica que tive vontade de usá-la no circo”, contou em entrevista ao Joca.

Assim, Paul contratou uma equipe de designers 3D e engenheiros de software para criar hologramas específicos para os espetáculos circenses. Uma vez que começou a ser utilizada nas apresentações, a tecnologia impressionou pessoas do mundo inteiro: jornais de mais de cem países publicaram sobre a novidade e o show se tornou o espetáculo circense mais visto na Europa no ano passado.

#pracegover: holograma em tom azul de elefantes no picadeira no circo. Há pessoas na plateia. Crédito de imagem: divulgação.

Animais no circo

Depois de passar 30 anos usando cavalos nas apresentações, em 2018, o Circus Roncalli desistiu de utilizar esses animais em razão das dificuldades para transportá-los e abrigá-los. “Recebemos mais de 20 mil e-mails e cartas do mundo todo e 95% delas eram positivas, elogiavam a nossa decisão de não utilizá-los mais”, diz Paul.

Hoje, no mundo inteiro há campanhas a favor da proibição do uso de animais em apresentações de circo. Grupos de defesa dos direitos dos animais afirmam que a prática é ruim para o bem-estar do bicho, que fica longe de seu ambiente natural e pode viver em condições precárias.

No Brasil, dez estados, entre eles, Alagoas, São Paulo, Goiás e Rio de Janeiro, proibiram o uso de animais em espetáculos circenses.

Fonte: HuffPost Brasil.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 134 do jornal Joca.

Enquete

Qual é o acontecimento mais esperado de 2020?

Comentários (6)

  • Colégio Objetivo de Pindamonhangaba

    4 meses atrás

    Eu gostei muito, porque antes eu acho que os animais sofriam muito e é bem melhor usar a tecnologia ao invés de machucar os animais. Eu quero ir muito lá no circo, vai ser muito massa! Manuela Hinz - 4º ano manhã

  • Colégio Objetivo de Pindamonhangaba

    4 meses atrás

    É muito legal não maltratarem mais os animais. (João e Flavia - 4º ano manhã)!

  • Colégio Objetivo de Pindamonhangaba

    4 meses atrás

    Adorei!!!! Muito legal!!!! (Lavinia e Lyvia - 4º ano manhã)

  • Colégio Objetivo de Pindamonhangaba

    4 meses atrás

    oi

  • Colégio Objetivo de Pindamonhangaba

    4 meses atrás

    Legal muito interessante

  • Angela

    6 meses atrás

    Que massa

Compartilhar por email