Primeiro avião trazendo brasileiros que estavam em Israel pousou em Brasília. Crédito de imagem: Joédson Alves/Agência Brasil

No dia 11 de outubro, o primeiro avião da Força Aérea Brasileira (FAB) trazendo brasileiros que estavam em Israel pousou em Brasília. Teve início, no dia 7, um conflito entre este país e o grupo extremista Hamas. Clique aqui para saber mais sobre a guerra o contexto que antecede os acontecimentos de agora, relatados na edição 213 do jornal Joca

Foram 211 passageiros na primeira viagem. O voo partiu de Tel Aviv na tarde do dia 10 e pousou no Brasil em segurança, no aeroporto internacional de Brasília. Entre os passageiros, 107 desembarcaram em Brasília e 104 seguiram rumo ao Rio de Janeiro. O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, declarou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo que o governo brasileiro aceitou uma proposta da companhia aérea Azul para o transporte gratuito dos brasileiros repatriados a seus estados. Enquanto a FAB realiza o transporte de brasileiros de Israel ao Brasil, a Azul será responsável, gratuitamente, pela locomoção de cada repatriado a seu respectivo estado de moradia.

O processo de repatriação acontece quando cidadãos de um país se encontram em situações de desproteção em outra nação e não dispõem de maneiras de retornar com recursos próprios. Assim, o governo se compromete a custear o resgate e transporte de volta ao país de origem. 

Até o dia 14 de outubro, estão previstos mais quatro voos, de acordo com a FAB, que mobiliza a Operação Voltando em Paz.

Ainda segundo o ministro da Defesa, 2.300 brasileiros ainda estão em Israel e demonstram interesse no processo de repatriação. De acordo com o governo, o objetivo é trazer todos de volta. A estimativa é de que até o dia 14, cerca de 900 pessoas voltem em voos da FAB.

Na primeira etapa, com os quatro voos até domingo, o Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores do Brasil, declarou que prioriza trazer os cidadãos que foram para a região e não tinham passagem de volta. Após os voos planejados até o dia 14 (que pousarão, respectivamente, no Rio de Janeiro, no Recife, em São Paulo e no Rio de Janeiro), uma segunda etapa de resgate será organizada.  

Fontes: Agência Brasil, Folha de S.Paulo, governo brasileiro, Força Aérea Brasileira e O Globo.

Ixi! Você bateu no paywall!

Ainda não é assinante? Assine agora e tenha acesso ilimitado ao conteúdo do Joca.

Assinante? Faça Login

Voltar para a home

Ou faça sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo do Joca

Assine

Enquete

Sobre qual assunto você gosta mais de ler no portal do Joca?

Comentários (2)

  • Joice Cristiane Goncalves Consolim

    3 meses atrás

    Geovanna N. 10 anos, EE Henrique Dumont Villares. eu sinto muita pena e ao mesmo tempo fico muito feliz pois conseguiram busca as pessoas que estava na guerra e não tinha nada a ver então fico feliz.

  • Joice Cristiane Goncalves Consolim

    3 meses atrás

    Luis F., 4º ano F, Henrique D. Villares, fico feliz que 211 pessoas foram salvas de uma guerra.

Compartilhar por email

error: Contéudo Protegido