Venho com esta carta demonstrar a minha satisfação com a notícia “Brasil vai retirar 144 mil toneladas de açúcar dos alimentos até 2022”, pois as pessoas não pensam nas consequências das suas atitudes. Não adianta se entupir de doce para, no futuro, ter que se entupir de remédios.
Renata H. dos S. L.
(a notícia citada pela leitora foi publicada no site do Joca)

Seguem alguns registros referente à tragédia ocorrida na cidade de Brumadinho, após leitura coletiva da matéria publicada por vocês. Foi um momento significativo para os alunos, no qual puderam se expressar e trocar opiniões.
PROFESSORA ANDRESSA GIMENEZ, 5º ANOCOLÉGIO SANTA MARCELINA, SÃO PAULO

Comentários dos alunos, recebidos em 31 de janeiro

“O rompimento da barragem da empresa Vale na cidade de Brumadinho é o acidente que causou mais de cem mortes e deixou mais de 200 desaparecidos. Eu achei injusto porque muitas pessoas e animais morreram”, Jorge F., 5° ano A

“Foi uma tragédia! (…) Morreram cem pessoas e há 220 desaparecidas. Se fosse eu, estaria aterrorizado”, Lucas K., 5° ano A

“Eu acho que isso não foi um desastre, isso foi um crime contra a natureza, os animais e os humanos e matou muitas pessoas por nada. Morreram tantas pessoas porque a sirene não tocou… As pessoas poderiam ter corrido”, Lucas T., 5° ano B

“O desastre de Brumadinho foi uma tragédia. Muitas pessoas morreram por causa do rompimento da barragem (…). Esse desastre foi maior do que o da cidade de Mariana, que teve 19 mortos”, Rafael M., 5° ano A

“O rompimento em Brumadinho causou vários problemas, como 200 desaparecidos e mortes de pessoas, animais. Na lama havia até carros”, Manuela, 5° ano B

“A empresa Vale fez esse acidente horrível. (…) Não gostaria de ir à morte pela lama”, Julia, 5° ano C

“Eu sinto muito que tenha acontecido isso. As consequências são: mais de cem pessoas mortas, a lama é muito pesada e, por isso, casas, árvores e pedaços da barragem lavaram a cidade de Brumadinho”, Maria Eduarda, 5° ano C

Texto publicado originalmente na edição 125 do jornal Joca.

Enquete

Que tipo de live você mais gosta de assistir?

Comentários (0)

Compartilhar por email