Estudantes chegando para realizar a prova em São Paulo. Crédito de imagem: Paulo Pinto/Agência Brasil

Em 5 de novembro, estudantes de todo o Brasil realizaram o primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), vestibular aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A prova é um meio de admissão para universidades brasileiras, sendo uma das principais maneiras de ingressar no ensino superior, por meio de plataformas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade para Todos (Prouni). Em 2023, o exame foi realizado em mais de 132 mil salas, de 1.750 municípios brasileiros. 

A prova pode ser feita em até 5 horas e 30 minutos no primeiro dia, que abrange 90 questões de ciência humanas e tecnologias, linguagens, códigos e suas tecnologias e redação. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), foram 3,9 milhões de pessoas inscritas no Enem 2023, um aumento de 13,1% em relação ao total de candidatos em 2022. No primeiro dia do exame, cerca de 71,9% do total de inscritos compareceram, segundo anúncio do ministro da Educação, Camilo Santana, e do presidente do Inep, Manuel Palácios, durante coletiva de imprensa feita na noite de domingo. 

O tema da redação deste ano foi: “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”. O exame avalia os textos no modelo dissertativo-argumentativo, que deve desenvolver e defender um argumento central em relação ao tópico proposto. Outra novidade da prova de 2023 foram os gráficos coloridos no caderno de provas, medida pensada para auxiliar pessoas que são daltônicas (quadro que afeta a distinção de cores) ou apresentam outros problemas de visão. 

Os inscritos que sofreram com problemas climáticos e de logística para chegar até o local de aplicação da prova poderão solicitar uma reaplicação do exame para os dias 12 e 13 de dezembro. Segundo o edital da prova, os candidatos devem realizar o Enem em uma distância de até 30 quilômetros (km) de onde moram. No dia 12 de novembro, será o segundo dia da prova, com 90 questões das áreas de matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. O tempo limite para realizar o exame será de 5 horas, meia hora a menos do que no primeiro dia, que também continha a redação.

Resultados

Conforme previsto no cronograma do exame, no dia 24 de novembro, o gabarito das questões objetivas será publicado no portal do Inep e, no dia 16 de janeiro de 2024, serão divulgados os resultados individuais de cada participante.


Fontes: Agência Brasil, CNN, MEC e Inep.

Ixi! Você bateu no paywall!

Ainda não é assinante? Assine agora e tenha acesso ilimitado ao conteúdo do Joca.

Assinante? Faça Login

Voltar para a home

Ou faça sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo do Joca

Assine

Enquete

Sobre qual assunto você gosta mais de ler no portal do Joca?

Comentários (1)

  • Charles De Lima

    3 meses atrás

    Minha irmã fez o Enem

Compartilhar por email

error: Contéudo Protegido