E se em vez de retratar uma mulher, o famoso quadro Dora Maar, do pintor espanhol Pablo Picasso, exibisse um cachorro? Agora, imagine que um cão toma a tela de Abaporu, da brasileira Tarsila do Amaral. Essa é a ideia do novo Calendário Arte Vira-Lata, lançado pela organização não governamental (ONG) Celebridade Vira-Lata no começo de outubro.

#pracegover: a imagem mostra o cão na versão de Doora Maar. Ele usa roupa e chapéu coloridos. Ao fundo, pareces vermelhas e uma planta. Imagem: divulgação

O artista plástico Tarik Klein (argentino que mora no Brasil) foi convidado para reimaginar quadros clássicos colocando cachorros como protagonistas das obras. Eles estampam um calendário de 2021, à venda no site da ONG. As pinturas originais do artista serão leiloadas (ou seja, vendidas para quem fizer a oferta mais alta) virtualmente. Todo o dinheiro arrecadado, com o leilão e a venda dos calendários, será investido em ações de cuidados com animais de rua de regiões carentes da cidade de São Paulo.

#pracegover: a imagem mostra um cão na de versão Tropical. Ele segura uma cesta com frutas. Ao fundo, vegetação. Imagem: divulgação

Além das imagens, o nome das obras foi adaptado. Autorretrato, do russo Wassily Kandinsky, virou “Auaurretrato” e Tropical, da brasileira Anita Malfatti, tornou -se “Tropicão”. Cada página do calendário conta a história e um cachorro de rua que a Celebridade Vira-Lata acolheu e ajudou. Saiba mais sobre o projeto no site: www.celebridadeviralata.com.br.

Fontes: Folha de S.Paulo, site oficial da ONG Celebridade Vira-Lata e Veja.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 160 do jornal Joca

Enquete

Você conhece alguém que já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19?

Comentários (0)

Compartilhar por email