A luta contra o novo coronavírus está prestes a ganhar novos aliados. A Medical Detection Dogs (“cães de detecção médica”, em tradução livre para o português), uma organização sem fins lucrativos do Reino Unido, vai começar a treinar cachorros farejadores para identificar pessoas com a covid-19. A entidade acredita que os animais podem desenvolver a habilidade de detectar o vírus pelo cheiro, mesmo antes de os sintomas aparecerem.

“Sabemos que outras doenças respiratórias alteram o odor do nosso corpo, então há uma chance muito alta de que os cães sejam capazes de detectar esse vírus”, disse o professor James Logan, chefe do departamento de controle de doenças da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres
(LSHTM), em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

Os primeiros testes vão acontecer com voluntários na Universidade de Durham, na Inglaterra, e na LSHTM. Se tiver sucesso, a iniciativa vai contribuir para diagnosticar pacientes por todo o Reino Unido.

Cachorro-Farejador-Coronavirus
#pracegover: um cachorro labrador, em cor bege, usa colete vermelho e fareja um aparelho de metal. Foto: Getty Images

Farejadores de doenças
Desde 1989, cães são usados para farejar diversos tipos de câncer. Eles também são capazes de detectar malária e doença de Parkinson (da qual alguns dos sintomas são tremores). Isso acontece porque o olfato dos cachorros é 10 mil vezes mais sensível do que o dos seres humanos, fazendo com que eles consigam identificar pequenas mutações de odor que as doenças causam no corpo — e que nós não percebemos.

Fontes: BBC, Daily Mail, Metrópoles e UOL.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 147 do jornal Joca.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (2)

  • WEUDES FERNANDES BARROS

    2 anos atrás

    top

  • Luiza Belloni

    2 anos atrás

    Nossa! não sabia que cães eram tão espertos a ponto de conseguir detectar um vírus que está causando pandemia no mundo todo!

Compartilhar por email