O Brasil está participando da The World Food Program (WFP) junto com Chile e Honduras. O trabalho é feito em parceria com os capacetes azuis do exército da paz da ONU e o objetivo é levar comida para mais de 1000 famílias desabrigadas por conta do terremoto que devastou o Haiti, no dia 4 de outubro. Mais de 80 organizações humanitárias estão ajudando, pois o país tem 2 milhões de pessoas afetadas pelo furacão Matthew.

The World Food Program (WFP), with security provided by Chile, Brazil and Honduras peacekeepers with the United Nations Mission in Haiti (MINUSATH), along with Haitian National Police, distributes food to 1000 families to Haiti's western town Jeremie, Thursday 27, 2016. Jeremie was heavily affected by category 4 hurricane Matthew that passed over Haiti on Tuesday October 4, 2016 and has left a swath of devastation across the entire western region of the country. Humanitarian aid is in full swing, with mare than 80 organizations working to deliver life saving supplies to more than 2 million affected people. Photo Logan Abassi UN/MINUSTAH

Uma aeronave Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), partiu de Brasília na sexta-feira (14) para levar mantimentos de apoio aos desabrigados por causa furacão Matthew, no Haiti. Nessa remessa serão enviadas 75 barracas com área útil de 25 metros quadrados cada, usadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração.

The World Food Program (WFP), with security provided by Chile, Brazil and Honduras peacekeepers with the United Nations Mission in Haiti (MINUSATH), along with Haitian National Police, distributes food to 1000 families to Haiti's western town Jeremie, Thursday 27, 2016. Jeremie was heavily affected by category 4 hurricane Matthew that passed over Haiti on Tuesday October 4, 2016 and has left a swath of devastation across the entire western region of the country. Humanitarian aid is in full swing, with mare than 80 organizations working to deliver life saving supplies to more than 2 million affected people. Photo Logan Abassi UN/MINUSTAH

De acordo com assessoria do ministério, as barracas que serão entregues por dois agentes da Defesa Civil Nacional são de fácil manejo e montagem, têm piso e cobertura de PVC e estrutura tubular de alumínio. As estruturas serão usadas por famílias que ficaram desabrigadas depois que o fenômeno, de categoria 4, assolou o país caribenho no último dia 4. Com ventos de 235 quilômetros por hora, o furacão devastou diversas regiões do Caribe e do Sudeste dos Estados Unidos. No Haiti, segundo números da Organização das Nações Unidas (ONU), 1,4 milhão de pessoas foram afetadas no país.

 

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email