As Meninas Superpoderosas, por Tyron Handy. Foto: Divulgação.

Por Joanna Cataldo

Tudo começou há dois anos, quando o ilustrador norte-americano Tyron Handy recebeu um pedido para que desenhasse versões negras dos personagens do desenho The Simpsons.

Animado com a ideia, Handy fez a ilustração e postou o resultado em um grupo de artes no Facebook, gerando várias curtidas e compartilhamentos. “Nos comentários, as pessoas me pediam para fazer mais desenhos como aquele e foi assim que começou o projeto”, contou o artista ao Joca.

O ilustrador norte-americano Tyron Handy. Foto: Divulgação.

Até agora, Handy já fez desenhos de personagens como Scooby-Doo, Meninas Superpoderosas, Jovens Titãs, Hey Arnold!, entre outros. “A minha ilustração favorita no momento é o Arnold, da série Hey Arnold. Era o meu programa favorito quando eu era pequeno e acho que a versão que eu criei ficou muito legal”, diz. “Pretendo continuar com esse projeto até acabarem todos os personagens de animações”. 

Além de mudar a cor da pele, o artista reimagina as figuras, mudando o formato do cabelo e os traços do rosto, por exemplo.

Hey Arnold!, por Tyron Handy. Foto: Divulgação.

Com isso, Handy tem como objetivo fazer com que pessoas negras se identifiquem com os personagens animados, uma vez que o número de figuras negras em desenhos animados ainda é baixo.

“Percebo que muitas pessoas amaram a ideia de ver alguns dos seus personagens favoritos em versões negras. Acho que pela primeira vez eles podem ver a si mesmos nos personagens”, afirma. 

Os Jovens Titãs, por Tyron Handy. Foto: Divulgação.

Negros nas animações

No Brasil, os canais infantis mais assistidos no mês de outubro foram Cartoon Network e Discovery Kids.

No Cartoon, entre os destaques da programação estão os desenhos Clarêncio, o Otimista, Steven Universo e Jovens Titãs em Ação. Embora tenham histórias bem diferentes, todos têm algo em comum: não possuem protagonistas negros.

O desenho Clarêncio, o Otimista. Foto: Divulgação.

Já no Discovery Kids, desenhos de sucesso como Lelê e Linguiça, O Show da Luna e Polly Pocket também não contam com negros como personagens principais.

O desenho O Show da Luna. Foto: Divulgação.

Para Lucimar Dias, professora da Universidade Federal do Paraná e participante do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, a falta de figuras negras é um problema que afeta tanto as produções estrangeiras quanto as nacionais.

“Ao todo, 54% da população brasileira é composta por negros e negras. Seria natural que isso aparecesse nas produções”, afirma. “Há exemplos de boas animações com protagonistas negros, como Nana & Nilo, Guilhermina e Candelário, a Doutora Brinquedos e S.O.S Fada Manu, mas precisamos de mais desenhos assim”.

O que é representatividade?

Segundo o Dicionário Michaelis, a palavra representar quer dizer “ser a imagem ou a reprodução de” algo. No caso de séries, filmes ou livros, significa ter personagens que sejam parecidos com uma determinada parcela da população (negros, brancos, indígenas, orientais, entre outros). 

Na opinião de Lucimar, é importante que as crianças negras vejam personagens parecidos com elas nas animações, pois isso faz com que elas se sintam incluídas na sociedade.

“Praticamente todos os personagens importantes das produções para crianças, seja de séries, filmes ou propagandas, são brancos. Isso passa a mensagem subliminar de que todas as pessoas legais, confiáveis, bonitas e bem sucedidas são brancas”, diz. “Precisamos mudar isso e mostrar que as crianças negras também têm essas qualidades”.

Desenhos dos leitores

Tendo como referência o trabalho de Tyron Handy, leitores do Joca participaram do concurso de desenhos das melhores versões negras de personagens de desenhos animados. Confira o resultado abaixo:

Bela, de a Bela e a Fera (por Maria Júlia B., 6º ano)

Charlie Brown (por João Pedro A., 10 anos)

Goku, de Dragon Ball (por Kauan A., 5º ano) 

Emília, do Sítio do Picapau Amarelo (por Catarina C., 11 anos)

Elsa, de Frozen (por Maria Laura A., 6º ano)

Harry Potter (por Benjamim V., 7 anos)

Menino Maluquinho (por Marina B., 10 anos)

Mônica, da Turma da Mônica (por Paulo, 6º ano)

Mulher Maravilha (por Isabela A., 7 anos)

Naruto (por Arthur O.,  7º ano)

Rick e Morty (por Felipe A., 15 anos)

Branca de Neve (por Anna Beatriz O., 6º ano)

As Meninas Superpoderosas (por Jennifer, 4º ano)

Lego Ninjago verde (por Daniel B., 10 anos)

Barbie (por Isabelle e Yasmin)

Enquete

Você conhece alguém que já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19?

Comentários (3)

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    2 anos atrás

    EU FIQUEI FELIZ QUE O MEU DESENHO APARECEU NO JORNAL JOCA E EU AMEI O DESENHO DA MONICA E DA BRANCA DE NEVE,FICOU MUITO FOFO. PARABÉNS PARA TODOS OS LEITORES DESENHISTAS DO JOCA!!! JENNIFER 4 ANO C

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    2 anos atrás

    Sou professora na escola Laerte e estou muito feliz com tantos trabalhos lindos.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    2 anos atrás

    Quanta emoção!!!! Nosso trabalho no site do Jornal Joca, estou sem folego!!!! Estamos transbordando de felicidade ,nós nem acreditamos que nosso desenho apareceu no JOCA ,o nosso coração esta saindo pela boca MUITO OBRIGADO MESMO !!!!!!!!!!! ISABELLE E YASMIN 5ºD

Compartilhar por email