Resultado de imagem para presidente argentina

A Argentina anunciou a criação de regras que deixarão mais difícil a vida de estrangeiros que querem morar no país.

Segundo o governo, o objetivo é evitar que imigrantes criminosos entrem no país e cometam ações violentas que coloquem o bem-estar dos argentinos em risco .

Para evitar a entrada de bandidos, os políticos decidiram que, a partir desse ano, os dados de todas as pessoas que viajam para lá serão analisados e a segurança nas cidades que ficam no limite da Argentina com outros países será maior.

Além disso, estrangeiros que cometeram crimes poderão ser extraditados, isto é, mandados de volta para seus países, sem grandes dificuldades e em no máximo dois meses.

A Casa Rosada, local onde fica o governo da Argentina

Antes da criação das novas regras, fazer isso era muito complicado, por causa das leis que tornavam o processo muito longo. De acordo com o governo, alguns presos poderiam levar até 8 anos para voltar ao seu lugar de origem.

As novas regras, no entanto, não agradaram a todos. Muitas pessoas dizem que o governo da Argentina está sendo xenofóbico, ou seja, está sendo preconceituoso com estrangeiros, principalmente aqueles que vêm do Paraguai, da Bolívia e do Peru, e representam mais de 70% dos imigrantes da Argentina.

Os que não concordam com as medidas dizem que o presidente argentino, Mauricio Macri, está se inspirando em Donald Trump, o presidente americano, que recentemente determinou que refugiados, pessoas que saem dos seus países por causa de problemas internos, não podem entrar nos Estados Unidos por 120 dias.

O governo da Argentina, porém, negou que seja preconceituoso com imigrantes e disse que só está fazendo isso para impedir que criminosos estrangeiros prejudiquem o país.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2021?

Comentários (2)

  • Laura de Oliveira Caetano Morgado

    3 anos atrás

    muito bom, Mauricio Macri.

  • Joca

    3 anos atrás

    Oi Laura, que legal receber seus comentários e ver que você está lendo bastante. Continue a ler o Joca para ficar por dentro das noticias!

Compartilhar por email