Diante do avanço do novo coronavírus, o mundo do futebol está se mobilizando para diminuir os impactos causados pela pandemia. No Brasil e no exterior, clubes estão reduzindo os salários mais altos para conseguir pagar as despesas, como os pagamentos dos profissionais que recebem valores menores. Veja exemplos

#pracegover: estádio Mestalla, em Valência, Espanha, em 10 de março, com
arquibancadas vazias, em intervalo de jogo entre Valencia CF e Atalanta. Foto: UEFA – Handout via Getty Images

Barcelona – Espanha
O salário dos jogadores será reduzido em 70% enquanto a Espanha estiver em estado de alerta por causa da doença. O anúncio, publicado nas redes sociais do capitão do time, Lionel Messi, afirma que os atletas também farão contribuições financeiras para que os demais funcionários sigam recebendo 100% do salário. Na Espanha, os jogos de futebol estão suspensos.

Juventus – Itália
Haverá redução do salário do técnico, Maurizio Sarri, e dos jogadores entre março e junho. O time economizará 90 milhões de euros (aproximadamente 471 milhões de reais). As partidas estão suspensas na Itália.

#pracegover: estádio Giuseppe Meazza, em Milão, Itáli,: em 8 de março, vazio durante partida entre Milan e Genoa. Foto: Marco Luzzani/Getty Images

Atlético Mineiro – Brasil
Afirmou que irá reduzir em 25% o salário de jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes até o fim da pandemia. Todos os jogos de futebol do Brasil estão suspensos

#pracegover: estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em 2 de abril, iluminado de verde (cor da esperança) em homenagem aos que atuam contra a pandemia. Foto: Pedro Vilela/Getty Images)

Por que reduzir os salários?
Com a suspensão das partidas, os times deixaram de ganhar dinheiro com a venda de ingressos e passaram a enfrentar dificuldades para pagar todos os funcionários, o que inclui não apenas os jogadores e a comissão técnica, como também pessoas que trabalham em outras áreas, como no departamento de administração. Ao reduzir o salário dos profissionais que ganham mais, sobra mais dinheiro para o time, que poderá, assim, pagar 100% do salário dos funcionários que recebem menos e que seriam mais prejudicados sem o ganho mensal.

Outras ações de solidariedade no mundo esportivo

  • Os principais times do Rio de Janeiro — Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco — criaram uma campanha para arrecadar dinheiro e doar para a Fundação Oswaldo Cruz, instituição de pesquisa localizada na cidade. Com a verba, a entidade poderá realizar diversas ações, como produzir testes para detectar a covid-19. Saiba mais: bit.ly/futebolrio-doacao.
  • Jogadoras de futebol e futsal feminino se reuniram na campanha Joga Junto, para arrecadar e doar dinheiro ao Sistema Único de Saúde (SUS), sistema público de saúde do Brasil. Saiba mais: bit.ly/futebol-femininodoacao.
  • Cristiano Ronaldo, jogador do clube italiano Juventus e da seleção portuguesa, doou um milhão de euros (aproximadamente 5,7 milhões de reais), que serão divididos entre hospitais de Lisboa e do Porto, cidades portuguesas.
  • Neymar, jogador do clube francês Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, doou 5 milhões de reais ao Fundo Internacional de Emergência das Nações Unidas Para a Infância (Unicef). O valor será usado para o combate ao novo coronavírus.
  • Philippe Coutinho, jogador do clube alemão Bayer de Munique e da seleção brasileira, doou 20 toneladas de cestas básicas com alimentos e produtos de higiene para a favela Barreira do Vasco, no Rio de Janeiro.

Fontes: Globo Esporte, Instagram Lionel Messi, Juventus e Barcelona

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 147 do jornal Joca.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (8)

  • Matérias do Joca sobre o novo coronavírus - Jornal Joca

    1 ano atrás

    […] Altos salários do futebol são reduzidos para manter ganho de outros profissionais […]

  • Vanessa Margenti Galdao

    2 anos atrás

    Verdade muito legal da parte deles

  • Stenio

    2 anos atrás

    Muito legal da parte deles ajudando o proximo

  • teteu 0909

    2 anos atrás

    legal de mais

  • Diana

    2 anos atrás

    Eu achei muito bonito da parte deles ajudar essas pessoas

  • luisfilipoe

    2 anos atrás

    topppppppppppp legalllllllllll show de bolaaaaa

  • luisfilipoe

    2 anos atrás

    topppppppppppppppppppppppppppp

  • lara

    2 anos atrás

    fala do flamengo

Compartilhar por email