Calamidade pública
Vinte e um estados brasileiros já declararam calamidade pública em consequência da proliferação do novo coronavírus — e tiveram a medida reconhecida pelo governo federal. Isso acontece quando determinado local atravessa uma situação grave. Ao declarar calamidade, o estado passa a ter permissão para gastar mais do que geralmente é permitido por lei. Com isso, os governantes podem fazer mais investimentos em saúde, por exemplo.

Números no Brasil
Casos confirmados: 66.501*
Pessoas recuperadas: 30.152**
Mortes: 4.543
*De acordo com o Ministério da Saúde em 27 de abril de 2020.
** Segundo a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, que monitora em tempo real a evolução da doença, em 27 de abril de 2020.

Uso de máscaras
No início da pandemia, o Ministério da Saúde indicava o uso de máscara apenas para profissionais de saúde e pessoas com sintomas da doença. Conforme o número de casos no Brasil foi aumentando, houve mudança nessa recomendação. Agora, o indicado é que pessoas sem sintomas também usem o acessório para sair de casa e evitar a propagação da doença. A ideia é que elas utilizem máscaras caseiras — veja como fazer uma no site do Joca (jornaljoca.com.br). Em locais como Acre, Alagoas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, município do Rio de Janeiro, Pernambuco, Piauí, Santa Catarina e Rondônia, o uso de máscaras passou a ser obrigatório para quem sai na rua.

Atenção!
Mesmo usando máscara, é fundamental manter outros cuidados de prevenção, como:

  • Lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel com frequência.
  • Não tocar na boca, olhos e nariz.
  • Evitar aglomerações e procurar manter 2 metros (mais ou menos o comprimento de uma moto) de distância das pessoas.

Afrouxamento da quarentena
O Distrito Federal e os estados do Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins começaram a afrouxar as medidas de quarentena, permitindo que serviços não essenciais voltem a funcionar.

Cada estado adotou regras próprias para essa nova fase. Em Santa Catarina, por exemplo, restaurantes e shoppings podem abrir, mas clientes e funcionários devem seguir regras de higiene, como usar máscaras. Já no Mato Grosso do Sul, o governo permitiu que a prefeitura de cada município decida se vai autorizar a abertura dos comércios ou não.

O que diz quem é a favor do afrouxamento da quarentena?
Afirma ser necessário para fazer com que a economia volte a ter mais atividade. Desde que as medidas de isolamento social começaram a ser
implantadas, muitas pessoas perderam o emprego ou tiveram o salário reduzido, o que prejudica a economia do país.

O que diz quem é contra o afrouxamento da quarentena?
Afirma que ainda é cedo para reduzir as medidas de isolamento social e que mais circulação de pessoas nas ruas pode contribuir para o aumento no número de casos de covid-19. Com isso, os serviços de saúde podem ficar sobrecarregados e não dar conta de atender tantos pacientes ao mesmo tempo.

Prefeitura de Salvador (BA) distribui máscaras em estação de transferência de passageiros e orienta população. A partir do dia 27de abril, será obrigatórioo uso dentro dos ônibus | #pracegover: homem, de camiseta branca, coloca máscara no rosto de uma mulher. Ele também usa máscara e luvas. Foto: Secom | Prefeitura Municipal de Salvador

Fontes: Folha de S.Paulo, Ministério da Saúde, Ministério do Desenvolvimento Regional e UOL.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 148 do jornal Joca.

Enquete

Você conhece alguém que já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19?

Comentários (5)

  • Matérias do Joca sobre o novo coronavírus - Jornal Joca

    2 meses atrás

    […] A situação do novo coronavírus no Brasil […]

  • isaque nicolas

    3 meses atrás

    que legal

  • rafael perez

    9 meses atrás

    acho legal vocÊs fazerem um jornal para crianças

  • maria julia

    9 meses atrás

    Eu achei muito legal essa campanha do COViD19 / quando eu crescer eu quero ajudar voces mais em sao paulo porque eu moro em sao paulo capital eu tenho 9 anos e meu nome e maria julia um beijo e thau........

  • Rebeca

    9 meses atrás

    que legal

Compartilhar por email