O hábito de ler traz muitos benefícios para o desenvolvimento das pessoas, além de ser um passatempo bastante agradável. Por isso, a leitura infantil deve ser estimulada desde muito cedo, para que a criança possa crescer familiarizada com essa prática.

Nos dias de hoje, com o acesso à tecnologia, é importante que não se perca o interesse pela literatura. A televisão, o videogame, o computador, o tablet ou o celular podem servir como complemento, mas não devem tomar totalmente o seu lugar.

Então, para conhecer algumas dicas para incentivar uma criança a ler mais no seu dia a dia, não deixe de conferir o post a seguir.

1. Seja um bom exemplo

Uma das principais atitudes é ser um bom exemplo dentro de casa, demonstrando prazer e interesse em cultivar o hábito da leitura. Não adianta apenas cobrar que o seu filho leia com frequência, se você mesmo não demonstra a importância dessa prática.

Portanto, mesmo que a rotina seja corrida, esteja atento a esse fator e se cobre um pouco mais para não deixar os livros encostados. Procure assuntos que lhe interessem e reserve um tempo para eles.

Ainda que não consiga fazer isso diariamente, procure não ficar adiando demais essa tarefa. E, depois de aprender algo novo com a leitura, não deixe de compartilhar as informações mais interessantes com as outras pessoas da casa.

2. Incentive a leitura antes de dormir

Muitas crianças aprendem a ler com a tradição da maioria dos pais de contarem uma estória para elas dormirem. Na verdade, a intenção é que eles fiquem envolvidos com o assunto e acabem se rendendo ao sono.

O momento é muito propício e ajuda o corpo a relaxar para dormir, enquanto se lê uma boa história. Porém, isso também contribui para que eles incluam esse costume na sua rotina ao longo da vida.

Então, vale adotar algumas técnicas, como colocar uma luminária ao lado da cama para facilitar que o hábito seja mantido. Além disso, tente não inventar coisas da própria cabeça, mas realmente abrir os livros todas as noites para contar o que está escrito neles.

3. Ofereça opções diferentes de leitura infantil

Quando as crianças começam a ler, é natural que se dediquem aos tradicionais livros infantis. Mas existe uma fase, quando já estão mais crescidos, que eles começam a desenvolver seus próprios gostos literários.

Diante disso, procure variar o material apresentado a eles, respeitando as suas preferências — ainda que elas não sejam as mesmas que as suas. Por exemplo, alguns preferem ler gibis, enquanto outros gostam de crônicas, romances, fantasia, mistério, entre outros.

Uma outra forma de variar as alternativas de leitura é combinando com os amigos mais próximos a troca de livros. Criar uma espécie de clube do livro pode servir de estímulo para participar do grupo e trocar ideias com os colegas depois.

4. Respeite o ritmo da criança

Talvez o seu filho não leia a quantidade de livros que você considera ideal, mas o importante é não deixar que ele abandone o hábito. É normal que algumas crianças levem mais tempo para fazer determinadas atividades do que outras.

É possível também que ele tenha outros interesses e queira dedicar o seu tempo a eles, como um esporte ou um instrumento musical. Então, procure não fazer da leitura uma obrigação chata, mas sim uma outra forma de entretenimento e aprendizado.

5. Visite bibliotecas e livrarias

Às vezes você não tem um grande acervo em casa, mas, mesmo assim, pode mostrar esse mundo para a criança. Bibliotecas públicas e particulares são uma ótima opção de passeio e, além de possibilitarem o empréstimo de livros, ajudam a ensinar conceitos como cuidado, disciplina e responsabilidade.

Também não se esqueça que as ruas e os centros comerciais, como os shoppings, estão cheios de livrarias. Muitas famílias passam reto por esse tipo de negócio e, assim, não estimulam que os filhos conheçam e tenham interesse em ler novos livros.

Uma boa tática pode ser combinar visitas frequentes a esses ambientes para despertar a curiosidade e a vontade de ler outros títulos. Inclusive, lembre-se dos livros na hora de presentear o seu filho ou outras pessoas!

6. Inclua a leitura na rotina da casa

Uma das mágicas do mundo da literatura é o poder da imaginação e a variedade de assuntos que podem ser tratados. Logo, é interessante mostrar para a criança o tamanho desse universo e procurar relacionar a leitura com o seu dia a dia.

Nesse sentido, esteja atento ao conteúdo que ela está absorvendo e desenvolva conversas relacionadas para complementar o conteúdo. Por exemplo, se ela está lendo sobre os animais, tente programar uma visita ao zoológico ou a uma fazenda para que ela os conheça de perto.

Se já forem mais velhos e conseguirem compreender assuntos mais sérios, não deixe de comentar os principais acontecimentos no país e no mundo. Dessa forma, você incentiva que eles se mantenham sempre informados, e isso é ótimo para que se tornem jovens mais preparados e com senso crítico.

7. Invista em conteúdo

Sempre que puder, compre objetos de leitura que possam ficar disponíveis em casa. Se o orçamento permitir, faça um acordo e invista em uma assinatura para receber regularmente algumas opções de jornais, revistas ou livros.

Assim, nunca faltará conteúdo para ser consumido. Outra dica bacana é oferecer livros de um personagem ou filme que a criança adora. Provavelmente, eles ficarão muito mais interessados em ler sobre algo que já se identificam, até porque as estórias escritas costumam ser mais completas.

Por fim, não tenha medo de utilizar também a tecnologia como aliada. Muitos pais tentam afastar seus filhos dos dispositivos eletrônicos, mas basta controlar os excessos e selecionar o conteúdo para que eles acessem coisas de qualidade.

Há muitos livros interessantes disponíveis na internet e plataformas que funcionam como uma verdadeira biblioteca virtual. Há ainda os blogs com temáticas relevantes que você pode indicar que eles acompanhem.

No fim das contas, o mais importante é realmente incentivar e trazer a leitura para a rotina da criança. Percebendo a sua importância desde a infância, é mais provável que eles se tornem jovens e adultos com um melhor vocabulário, boa memória, maior facilidade para escrever, mais cultura, entre outras qualidades.

E então, gostou de conhecer nossas dicas para incentivar a leitura infantil? Se você deseja colocá-las em prática mas está em dúvida sobre boas opções, não deixe de ler nosso post que indica 9 livros geniais para crianças!

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email