voluntarios-doacao-covid-belo-horizonte
Voluntários trabalham em doação na cidade de Belo Horizonte, MG, em junho de 2020. Foto: Pedro Vilela/Getty Images

Mais de 6 bilhões de reais foram somados até agora pelo Monitor das Doações, site lançado, em 31 de março de 2020, para acompanhar o movimento solidário no Brasil durante a pandemia. “Primeiro, veio a iniciativa de fazer uma tabela [com as doações publicamente declaradas]. Disso, pensamos em criar a página”, conta João Paulo Vergueiro, diretor executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), instituição realizadora da iniciativa.

Além das grandes doações feitas por empresas (entre dinheiro e produtos – estimados em reais pela equipe do projeto), o Monitor das Doações contabiliza pequenas contribuições, como por vaquinhas on-line (quando pessoas doam via internet). “Isso também vale para as lives solidárias. Temos mais de 120 delas mapeadas”, explica João Paulo.

Segundo ele, um dos principais objetivos é inspirar. “As pessoas não estão apenas falando da pandemia, e sim tomando uma atitude. Isso contribui para promover o espírito de participação”, diz.

O que você pode fazer?
Para ajudá-lo a refletir sobre doações e formas de ajudar as pessoas, o Dia de Doar Kids, o Instituto Para o Desenvolvimento do Investimento Social (Idis) e o Joca se uniram para fazer uma pergunta: quais são as 3 coisas que você quer melhorar no mundo?

“Uma das principais barreiras no Brasil é que os brasileiros não têm muita consciência de causa. Nós somos solidários, mas não temos uma noção de doar para quem tem uma causa”, explica Andréa Wolffenbütell, diretora de comunicação do Idis.

Você sabe qual é a sua causa? Veja dicas da Andréa que vão ajudá-lo nessa descoberta. Em seguida, acesse o link da pesquisa e responda: quais são as 3 coisas que você quer melhorar no mundo? Queremos saber mais sobre como você enxerga o que pode ser transformado no planeta.

• O ponto principal é pensar que você pode transformar o que quer ver melhor no mundo.
• Comece a prestar atenção às coisas que você gostaria de transformar. O que incomoda você? O que você não gosta de ver? Por exemplo: animais abandonados? Escolas que não são bem cuidadas?
• Esses problemas que você enxerga e que te incomodam também incomodam outras pessoas. Se você não puder fazer algo diretamente, pode colaborar com quem tem a capacidade de agir. A ideia é trabalhar junto para resolver os problemas da sociedade.
• Identifique o que você gostaria de transformar e converse com as pessoas para entender o que fazer. Vale também pesquisar na internet. Sempre vai ter alguém que está tentando resolver o mesmo problema.

Pesquisa-Dia-Doar-Kids

Responda a pergunta do Dia de Doar Kids, do Idis e do Joca: quais são as 3 coisas que você quer melhorar no mundo?

“A mobilização da infância hoje para um futuro mais doador amanhã é da mais alta relevância para todos os segmentos. Sendo engajada desde cedo, seja lá em qual área esta criança optar por atuar, a semente da ‘cultura de doação’, mais especificamente da gentileza e da generosidade, estará presente como uma força, uma energia potencial com mais chances de ser despertada. Por isso a criança precisa ser ouvida e sua visão de mundo precisa ser considerada. Como as crianças veem o mundo? O que consideram um ‘mundo melhor’? Quais as temáticas mais recorrentes? Lançamos essa pesquisa para colher e acolher percepções e opiniões para começar a compor um estudo inédito, que interessa toda a sociedade”, conta Marina Pechlivanis, da equipe Dia de Doar Kids.

Clique aqui para saber mais sobre o Dia de Doar.

Fonte: Monitor das Doações.

Enquete

Quais são os assuntos que você mais gosta de ouvir nos podcasts do Joca (Revisteen e Papo Joca)?

Comentários (7)

  • Maria Eduarda✌️

    1 semana atrás

    Amei a iniciativa de todos vocês, pois acho isso muito legal e porque muitas pessoas estão passando por dificuldades.

  • Maria Eduarda

    1 semana atrás

    Amei essa tanto a notícia quanto o título dela, pois acho que muitas pessoas estão sem condições financeiras por todo o mundo na pandemia. Amei a iniciativa.

  • Alicia

    1 mês atrás

    Menos poluição menos animais abandonados

  • Beatrice Decker Teixeira

    1 mês atrás

    Que bom que a segurança está entre nóis,pra que agredi um negro se agente pode se unir e ñ ferir mais pessoas negras,e eu que n sou negra eu entendo a dor dos outros,como o racismo pode doer pra outras pessoas

  • Beatrice Decker Teixeira

    1 mês atrás

    Eu adoro animais

  • leticiavalverde

    1 mês atrás

    que bom que as pessoas estão se ajudando na pandemia :)

  • ISABELA COELHO

    1 mês atrás

    Nossa quanto lixo

Compartilhar por email