O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o governo de Tóquio, capital do Japão, decidiram que turistas estrangeiros não serão aceitos durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos deste ano. A decisão foi tomada em 20 de março e tem como objetivo evitar que pessoas de outros países transmitam a covid-19 para a população japonesa e contribuam para aumentar o número de casos da doença no Japão.

“É uma pena ter que tomar essa decisão, mas, observando a situação atual dos infectados e o que pode ser feito para evitar que o nosso sistema de saúde fique lotado de pacientes, não temos outra opção”, disse Seiko Hashimoto, presidente do comitê organizador japonês.

Todos os estrangeiros que compraram ingressos terão o dinheiro devolvido. Ao todo, 600 mil ingressos da Olimpíada e 30 mil da Paraolimpíada tinham sido vendidos para pessoas de fora do Japão. Além disso, voluntários do exterior que se candidataram para a organização dos eventos não poderão ir às competições. Estima-se que, dos 80 mil voluntários inscritos para trabalhar nos jogos, cerca de 10% não morem no Japão.

Fontes: Kyodo News, OMS e Reuters.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 167 do jornal Joca.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email