A Nasa, agência espacial americana, está estudando uma técnica diferente para lançar naves no espaço e chegar a Marte em 30 minutos. Atualmente, a viagem para Marte demora de seis a oito meses.

A nova técnica, chamada “propulsão de energia direcionada”, dispara um laser de alta potência – entre 50 e 100 gigawatts – em uma espaçonave e, com isso, consegue acelerá-la a cerca de 30% da velocidade da luz. Se esse plano der certo, a Nasa vai usar a técnica para explorar os exoplanetas que podem ter vida e que estão a 25 anos-luz da terra. também vai visitar a Alpha Centauri, a terceira estrela mais brilhante do céu, que está a cerca de quatro anos-luz de distância do Sol.

Sem essa técnica, a viagem levaria 15 anos. A tecnologia para fazer isso já existe e é possível. A Nasa está estudando as melhores propostas para usar esse tipo de propulsão na exploração espacial.

TIME FEMININO

Mulheres astronautas já são metade da equipe da Nasa. Dos 6 mil candidatos que passaram nos testes para trabalhar na instituição, 50% dos aprovados são mulheres, que já começam a preparação para desbravar o universo. Os treinos dos astronautas incluem mergulho em grandes profundidades, voos de avião de alta velocidade e em jets supersônicos.

Além do projeto de propulsão, a Nasa planeja enviar em 2030 uma missão tripulada para Marte. O tempo de permanência lá seria de nove meses. Ao todo, a terra está distante 56 milhões de quilômetros do planeta vermelho.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email