No Equador, as pessoas brincam com espuma, balões de água ou farinha no carnaval. Foto: Xavier Caivinagua / Press South
No Equador, as pessoas brincam com espuma, balões de água ou farinha no Carnaval. Foto: Xavier Caivinagua/Press South

Aqui no Brasil, quando se fala em Carnaval, é comum pensar em fantasias, blocos de rua e desfiles de escolas de samba. Mas você sabia que outros países ao redor do mundo comemoram a data de jeitos totalmente distintos?

Confira cinco cidades ao redor do mundo que possuem carnavais bem diferentes da comemoração que conhecemos.

Quebec, Canadá

As comemorações de carnaval em Quebec, no Canadá, têm brincadeiras na neve. Foto: Jan Vailhe/Focalfix/Gamma-Rapho via Getty Images

O Carnaval é comemorado no inverno canadense. Por isso, as atividades da data costumam envolver neve: festivais esportivos no gelo e competição de esculturas na neve são algumas das atividades típicas da época, além de shows e desfiles. Outra tradição é fazer mergulhos na neve usando apenas roupas de banho, como sungas e maiôs.

Veneza, Itália

Em Veneza, as pessoas se reúnem na Praça São Marcos e vestem roupas típicas do século 16. Foto: Stefania D’Alessandro/Getty Images

A Praça de São Marcos, um dos pontos turísticos mais famosos da cidade de Veneza, recebe festas no Carnaval em que as pessoas usam máscaras. O uso desses acessórios é uma tradição da região desde o século 16, quando os nobres escondiam o rosto para participar de celebrações com o povo.

Basileia, Suíça

O desfile de lanternas e máscaras de Basel, na Suíça é uma tradição do carnaval local. Foto: Harold Cunningham/Getty Images
O desfile de lanternas e máscaras de Basel, na Suíça é uma tradição do Carnaval local. Foto: Harold Cunningham/Getty Images

Às 4 da manhã da segunda-feira de Carnaval, as luzes da cidade de Basileia são apagadas para dar início ao ritual que celebra a data. A população caminha pelas ruas fantasiada e segurando lanternas, formando um mar de luzes, enquanto toca flautas e tambores.

Ambato, Equador

No Equador, as pessoas brincam com espuma, balões de água ou farinha no carnaval. Foto: Xavier Caivinagua / Press South
Em Ambato, as pessoas brincam com espuma, balões de água ou farinha no Carnaval. Foto: Xavier Caivinagua/Press South

No Equador o Carnaval dura duas semanas e possui flores e frutas como principais símbolos. A cidade de Ambato é uma das mais famosas do país pelas festas nesta época do ano, em que as pessoas se fantasiam de flores e frutas e vão para as praias para jogar farinha e balões de água em amigos ou mesmo desconhecidos.

Oruro, Bolívia

O Carnaval de Oruro é considerado patrimônio cultural da Unesco. Foto: Angie Salgar/picture alliance via Getty Images

O Carnaval de Oruro é considerado patrimônio cultural da humanidade pela Organização das Nações Unidas Para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o que quer dizer que ele é importante para entender a história e a cultura da Bolívia. As comemorações são marcadas por vários estilos de danças, que representam as lendas da região. Uma das mais famosas é a Diablada (“dança dos demônios”, em castelhano), que representa um duelo entre o bem e o mal.

Fontes: Basel, Carnavalesca, iG e Nova Escola.

Ixi! Você bateu no paywall!

Ainda não é assinante? Assine agora e tenha acesso ilimitado ao conteúdo do Joca.

Assinante? Faça Login

Voltar para a home

Ou faça sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo do Joca

Assine

Enquete

Sobre qual assunto você gosta mais de ler no portal do Joca?

Comentários (3)

  • JOAQUIM DE PINA RIBEIRO

    2 anos atrás

    Eu gostei mais de Oruro, e bem mais loco e tem muitos enfeites

  • Cristiane Pacanowski

    3 anos atrás

    o mais loco foi u do canadá.

  • Maurits van t Hooft Prado Abreu

    3 anos atrás

    Este artigo é muito importante porque pessoas podem conhecer novas culturas ao redor do mundo.

Compartilhar por email

error: Contéudo Protegido