A atriz Yulia Peresild e o produtor e diretor de cinema Klim Shipenko, ambos da Rússia, embarcaram para o espaço, em 5 de outubro, para gravar o primeiro longa-metragem de ficção feito fora da Terra. O filme The Challenge (o desafio, em tradução livre) vai contar a história de uma médica (Peresild) que precisa ir até a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) de última hora para cuidar de um astronauta doente.

O paciente que precisa de ajuda será interpretado pelo astronauta Oleg Novitsky, da Bielorrússia. Ele já estava na ISS, onde as filmagens foram feitas, desde abril. A ideia é que o filme tenha cerca de 40 minutos de cenas gravadas fora da Terra, enquanto outras tomadas serão feitas em solo terrestre.

#pracegover: em cena de divulgação do filme, um grupo de pessoas assiste um foguete ser lançado ao espaço. Crédito de imagem: Reprodução

A viagem dos artistas durou 12 dias e aconteceu quase um ano e meio depois de a Nasa (a agência espacial norte-americana) anunciar que pretendia enviar uma equipe — que incluía o ator Tom Cruise — para o espaço com o objetivo de gravar um filme. O longa russo, apesar de ser o primeiro de ficção filmado no espaço, não será o primeiro a ter imagens feitas fora da Terra. Em 1985, por exemplo, um documentário chamado The Dream Is Alive (o sonho está vivo, em tradução livre) mostrou imagens reais captadas no espaço.

Preparação
Antes de embarcar, Peresild e Shipenko fizeram um treinamento rigoroso para se preparar para o percurso, ao lado de seus substitutos (para o caso de acontecer algum problema com a atriz e o diretor). Durante esse período, eles aprenderam, por exemplo, a se mover em gravidade zero e fizeram treinamento de paraquedas.

#pracegover: a atriz Yulia Peresild usa roupa de astronauta, com o espaço ao fundo. Crédito de imagem: Reprodução

Na viagem, eles foram acompanhados por um astronauta, o russo Anton Shkaplerov, que os ajudou a filmar as cenas por causa da equipe reduzida. Além disso, a própria atriz teve que se maquiar e o diretor precisou cuidar do som e da iluminação. Na volta, a dupla passou dez dias em um programa de reabilitação para se reajustar à vida na Terra.

Fontes: B9, CNN Brasil, G1 e Superinteressante.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 179 do jornal Joca

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email