Treze remadores americanos e quatro membros da equipe técnica que participaram do Campeonato Mundial de Remo Júnior, entre domingo (2) e sábado (8) deste mês, na lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio, relataram problemas estomacais e diarreia durante a competição e no período de treinamentos realizado no mesmo lugar.

Foto: Salvador Scofano/ GERJ (05/08/2015)

Equipes de outros países também acusaram mal-estar.

Os médicos acreditam que a poluição e qualidade ruim da água da Lagoa Rodrigo de Freitas foi a responsável pelos sintomas.

Foto: Salvador Scofano/ GERJ (05/08/2015)Foto: Salvador Scofano/ GERJ

A poluição da água tanto na Lagoa Rodrigo de Freitas, sede da canoagem velocidade e remo no Rio 2016, como na Baía de Guanabara, que receberá as regatas olímpicas de vela, é uma das principais críticas à organização dos Jogos, além de ter sua qualidade reprovada em recentes testes de laboratório encomendados pela mesma agência de notícias.
Foto: Beth Santos/ PMRJFoto: Beth Santos/ PMRJ – 08/08/2015

Foto: Beth Santos/ PMRJ

 

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (0)

Compartilhar por email