Premiação ocorreu em 24 de março. Foto: Global Teacher Prize/ Divulgação.
O professor Peter Tabachi ajudou os alunos a criar projetos premiados internacionalmente. Foto: Global Teacher Prize/Divulgação

A edição de 2019 do Global Teacher Prize, considerado o prêmio mais importante do mundo na área de educação, reconheceu o professor queniano Peter Tabachi como o melhor professor do ano no dia 24 de março.

Peter é professor de ciências de crianças em Pwani Village, no Vale do Roft, área rural do Quênia. A Escola Secundária Keriko Mixed Day, onde dá aulas, não dispõe de muitos equipamentos nem estrutura. Lá, por exemplo, só há um computador, que quase não tem conexão com a internet.

Entretanto, Peter sempre buscou superar essas dificuldades. Com a ajuda dele, um grupo de alunos ganhou o prêmio da Royal Society of Chemistry (Sociedade Real de Química, em português) por usar plantas para gerar eletricidade. Já outros criaram um dispositivo para ajudar pessoas cegas e surdas a medir objetos.

O projeto rendeu aos estudantes uma classificação para a edição de 2019 de uma das maiores feiras de ciências do mundo, a Intel International Science and Engineering Fair (Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel, em português), que será realizada nos Estados Unidos, em maio. Além da classificação, os alunos terão todos os custos de viagem pagos pelo evento.  

Peter colabora com famílias pobres da região onde mora doando cerca de 80% do salário que recebe para elas. Isso significa que, se ele ganhasse o equivalente a mil reais, doaria 800 e ficaria com apenas 200 reais.

Brasileira indicada ao prêmio

Outros nove profissionais concorriam ao prêmio, cuja cerimônia é realizada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Entre eles, estava a brasileira Débora Garofalo. A professora foi indicada pelo projeto Robótica Com Sucata e as aulas especiais que dá na Escola Municipal de Ensino Fundamental Almirante Ary Parreiras, na periferia de São Paulo (confira aqui uma entrevista que a Débora deu ao Joca).

 

Fontes: Agência Brasil, BBC e G1.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (4)

  • kamilla barros rufino

    2 anos atrás

    eu amei o trofeu pois ele e bem bonito e uma mulher de cabelo cachiado

  • Sabrina Gabriela

    2 anos atrás

    que legal eu achei muito interesante kkk

  • kamilla barros rufino

    2 anos atrás

    que legau eu achei isso muito interescante

  • Lídia dos Santos Lima

    2 anos atrás

    o professor e um padre da ordem franciscana que possui o voto de pobreza

Compartilhar por email