Em 15 de novembro, é comemorado o Dia da Proclamação da República. Há 131 anos, nosso país deixava de viver em uma monarquia (ou seja, com um rei governando com plenos poderes) e passava a ter como líder o presidente, modelo que existe até hoje. Para entender um pouco mais do que mudou no Brasil, o Joca conversou com o historiador Jorge Caldeira.

O que mudou no Brasil na transição da monarquia para a república?

A maior mudança foi a ampliação do direito de voto, ou seja, da escolha do cidadão sobre quem governa. O presidente e os governadores passaram a ser eleitos pela população. Outra novidade foi a rotatividade do poder (ou seja, o presidente fica durante um tempo determinado e depois passa o cargo para outra pessoa, coisa que não acontecia com os reis, que ficavam até a morte).

Quais foram as motivações para a Proclamação da República?

A principal delas foi não ter mais um monarca com plenos poderes e hereditários (de pai para filho), e organizar a nação só com o poder vindo dos cidadãos.

Qual foi a reação das pessoas na época?

Foi de apoio. As pessoas estavam cansadas do império, não queriam mais.

Pode explicar a diferença entre um imperador e um presidente?

O imperador podia fazer o que quisesse sem ninguém dizer algo contra. Isso desapareceu com a república e vieram os três poderes, que hoje existem no mundo inteiro: Legislativo (que faz as leis), Executivo (que coloca as leis em prática) e Judiciário (que julga de acordo com as leis).

Depois de instalada a república, o que aconteceu com a família real?

A família real saiu do Brasil. Dom Pedro II terminou a vida na França e, depois da morte dele, os membros da família real retornaram.

Como foi escolhido o primeiro presidente do Brasil?

Durante o período de transição da monarquia para a república, o Brasil foi governado por uma ditadura, porque não havia leis vigentes. Portanto, os militares escolheram quem iria governar o país.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2021?

Comentários (4)

  • Luciana Novaes Campello Soleiman

    1 semana atrás

    Muito legal saber mais sobre a democracia.

  • Charles Henrique

    1 semana atrás

    entrevista é legal fazer uma entrevista, porque é legal saber do outros, como ela tá, como ela vive, e etc.

  • Danielle

    1 semana atrás

    legal mesmo

  • letier

    2 semanas atrás

    Muito leg@l.Eu nem sabia que o Brasil já teve um REI.

Compartilhar por email