vue des quais inondés par la crue de la Seine, le 21 mars 2001 près de la Tour Eiffel à Paris. Les voies sur berges restent fermées à la circulation à Paris en raison de la crue du bassin de la Seine. AFP PHOTO THOMAS COEX

A Prefeitura de Paris, na França, está se preparando para a inundação do século, que pode fazer o Rio Sena subir mais de 8 metros, afetando 300 mil pessoas.

A pirâmide do Louvre se tornaria uma ilha, mais de 400 mil casas seriam afetadas e 120 mil imóveis ficariam com os pés na água.

Esse é um risco real. Pesquisas indicam que a chance dessa inundação ocorrer é de uma em cada cem chuvas por ano. Os franceses se preparam para isso já que os prejuízos seriam de 30 bilhões de euros.

De 7 a 18 de março, mais de 900 profissionais de salvamento, 150 policiais, barcos, helicópteros e 84 empresas fazem simulações e treinamentos para enfrentar a situação.

Veja o vídeo:

Espanha, Itália, República Tcheca e Bélgica também colaboram pois os países têm uma parceria de proteção civil.

Simulação virtual da inundação

Cerca de um milhão e meio de pessoas ficariam sem luz, as estradas ficariam intransitáveis e 140 dos 322 quilômetros da rede de metrô não poderia operar.

RECOMENDAÇÕES

Em caso de inundação, a prefeitura recomenda não sair de casa, preparar um kit de emergência (água e alimentos não perecíveis) e os levar carros fora das áreas alagadas.

A última cheia do Sena foi em 1910, quando ele subiu 8,6 metros.

Cheia em 1910

Os parisienses tiveram que deslocar-se em barcos ou a atravessar as ruas sobre plataformas improvisadas.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email