Foto: NASA/ESA/STScI/UCLA

hubl_4_super_novaUsando o Telescópio Espacial Hubble, astrônomos detectaram quatro imagens diferentes e quase simultâneas da mesma explosão colossal de uma estrela, ocorrida cerca de 9 bilhões de anos atrás, quando o Universo tinha apenas um terço de sua idade atual. O fenômeno, conhecido como lente gravitacional, é um dos mais interessantes previstos pelas equações de Einstein. E não é difícil entender o princípio. É em essência a ideia de que qualquer massa presente no espaço curva ligeiramente os raios de luz que passam perto de si e com isso faz o mesmo papel de uma lente de óculos, que desvia ligeiramente a luz para colocar a imagem em foco na sua retina.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email