Hoje os britânicos votam sobre seu futuro. Os eleitores vão escolher se querem ficar na União Europeia ou abandonar o bloco comum.

Nunca um país membro deixou a união política e econômica de 28 países – que desde seu início só tem se expandido.

Essa será a decisão mais importante para os britânicos desde 1975, quando 67% dos eleitores escolheram por entrar na então Comunidade Econômica Europeia.

Na União Europeia os países membros fazem parte de um mercado único, sem impostos nem tarifas comerciais.

O que é ‘Brexit’?
‘Brexit’ é a abreviação de Britain (Grã-Bretanha) e exit (saída) e é a designação da saída do Reino Unido da União Europeia.

Qual é a pergunta da votação?

“O Reino Unido deve ou não permanecer como membro da União Europeia ou sair da União Europeia?”

As duas únicas respostas são: “permanecer” e “sair”.

Qual é a situação do Reino Unido na União Europeia?
A União Europeia é uma união econômica e política de 28 países que começou a ser criada em 1957 por seis países que assinaram o Tratado de Roma.

O Reino Unido entrou em 1973 mas manteve sua própria moeda, a libra esterlina e nunca quis adotar o euro, a moeda usada em todos esses países-membros.

Quem é a favor de ficar?
O primeiro-ministro David Cameron além dos partidos Trabalhista, Liberal Democrata, Nacionalista Escocês (SNP), e o galês Plaid Dymru.
Barack Obama, França e Alemanha.

Quem defende a saída da UE?
Os membros do partido nacionalista Ukip.
Cerca de metade dos parlamentares conservadores.
O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump.

UM JEITO DIFERENTE

Um grupo de franceses recorreu a uma ação bem humorada para tentar convencer os ingleses a permanecer na União Europeia: distribuiu croissants em Londres.


SAIR

Se  sair, o Reino Unido ficaria livre para fazer comércio com outros países, por exemplo, a China.

Reino Unido não teria que enviar 440 milhões de euros toda semana para contribuir com o Orçamento europeu.
O dinheiro poderia ser usado em pesquisa científica e novas indústrias, dizem os defensores do Brexit.

Se sair pode mudar as políticas de migração e criar seu próprio regulamento para a entrada de refugiados.

FICAR

Ao ficar, o Reino Unido não precisará  pagar tarifas de exportação para os países-membros que comprarem seus produtos.

A participação na UE deixa livre a circulação de pessoas, trabalhadores, dinheiro e produtos.

Para os que querem ficar na UE, deixar o bloco não significa que a imigração cairá, pois países de fora têm maiores índices de imigrantes, incluindo pessoas vindas da própria UE.

Enquete

Como você está participando dos 10 anos do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email