A ativista sueca Greta Thunberg, de 17 anos, anunciou, em 20 de julho, que irá doar ao menos 100 mil euros (cerca de 600 mil reais) para um projeto que combate o novo coronavírus na Amazônia. A iniciativa que receberá a ajuda foi criada pela Organização Não Governamental (ONG) SOS Amazônia e tem como objetivo comprar remédios e outros suprimentos médicos, além de oferecer consultas via telemedicina (atendimento médico a distância) para moradores da região da floresta.

O valor que Greta destinará à causa vem do Prêmio Gulbenkian para a Humanidade, da organização portuguesa Fundação Calouste Gulbenkian, que dá um milhão de euros para projetos inovadores contra as mudanças climáticas. No mesmo dia em que soube do prêmio, a jovem anunciou a doação. Segundo ela, o restante do valor será encaminhado para iniciativas que atuam para auxiliar pessoas afetadas pelas crises climática e ecológica.

#pracegover: em vídeo, a ativista agradece o prêmio e se diz honrada em recebê-lo. Ela também anuncia o destino do valor recebido. Na imagem, ela sorri. Atrás dela, uma parede em tom claro de verde. Foto: reprodução de vídeo Fundação Calouste Gulbenkian

Greta já tinha feito um apelo para que as pessoas apoiassem a capital do Amazonas, Manaus, no combate à covid-19, após o prefeito da cidade, Arthur Virgílio, ter feito contato com ela. Na ocasião, a ativista postou um vídeo em suas redes sociais pedindo colaboração, principalmente para aqueles que vivem na floresta, já que os hospitais da região estavam sem alguns suprimentos, como respiradores.

O novo coronavírus na Amazônia
De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), as comunidades indígenas que ficam na bacia amazônica são cinco vezes mais atingidas pelo vírus do que a média do Brasil. A explicação está no fato de essas populações terem acesso mais restrito à água potável e a materiais básicos usados na prevenção da doença, como itens de higiene e desinfecção. Além disso, por estar em regiões mais isoladas, esses povos geralmente não conseguem chegar rapidamente a hospitais.

Outro fator que contribui para que o vírus se espalhe entre as populações da Amazônia é que algumas comunidades vivem em áreas devastadas. Deste modo, elas dependem das cidades para atender suas necessidades básicas, uma vez que a pesca, a caça e a coleta de alimentos não podem mais ser praticadas como antes. Saiba mais sobre a covid-19 entre os indígenas na edição 148 do Joca.

Quem é Greta Thunberg?
Ela ficou famosa em 2018, após faltar na escola às sextas-feiras para cobrar atitudes das autoridades sobre as mudanças climáticas e, assim, inspirar o movimento Fridays for Future (Sextas-Feiras Pelo Futuro, em tradução livre), em que jovens se reúnem para protestar pelo clima.

Fontes: Forbes, G1, UOL e Veja São Paulo.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 153 do jornal Joca.

Enquete

Na sua opinião, até agora, qual foi o fato mais importante de 2020 (além da pandemia do novo coronavírus)?

Comentários (2)

  • josefa

    1 mês atrás

    adorei!!

  • adriana

    1 mês atrás

    Achei muito legal esta doaçao foi muito dinheiro ajudara muitas vidas

Compartilhar por email