As escolas estaduais paulistas adotaram, às segundas-feiras, o cardápio sem carne.

A iniciativa para usar outros ingredientes e criar novas receitas faz parte do projeto Cozinheiros da Educação.

Arroz com lentilha e ovo e feijoada vegetariana são duas das sugestões elaboradas sem adição de proteínas de origem animal.

A nutricionista Mariana Faulin Foresto, do Departamento de Alimentação e Assistência ao Aluno, da Secretaria da Educação do Estado (SEE), explica que o projeto objetiva promover a alimentação saudável. “Começou no ano passado, e surgiu em conjunto com a chef de cozinha Janaina Rueda, a princípio para dar uma nova roupagem a cardápios que existiam nas escolas.”

De início, a chef testou os produtos que já faziam parte da alimentação, como arroz e carne, e elaborou novas receitas. “Ela fez alguns pratos especiais e começou a repassar técnicas de preparo para as merendeiras da rede”, diz Mariana.

Um projeto piloto foi montado na Escola Estadual (EE) Maria José, no bairro paulistano da Bela Vista, e daí foi expandido. “No segundo semestre do ano passado, houve treinamento com as merendeiras”, conta a nutricionista. “Agora, queremos estender o projeto para todas as escolas.”

Nutrientes – A carne é substituída pelo ovo ou por alimentos de origem vegetal: grão-de-bico, ervilhas, cogumelos, soja e sementes. Todas as receitas mantêm os nutrientes necessários diários para crianças e jovens.

Essa novidade coloca a rede paulista de ensino trabalhando com personalidades de vários países que apoiam a campanha internacional Segunda sem Carne, como o  cantor e compositor britânico Paul McCartney.

O cantor Paul MCartney: “segunda sem carne”

No Brasil, foi lançada em 2009 pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

A EE Henrique Dumont Villares, no Jaguaré, tem 800 alunos, entre 5 a 10 anos, do ensino fundamental I (1º ao 5º ano). Na segunda, dia 29, os estudantes do 4º ano provaram a refeição composta de arroz, feijão, salada, legumes e ovo mexido. Carla Beatriz e Julia Silva, ambas de 9 anos, dizem que as comidas servidas são gostosas.

A coordenadora pedagógica Nádia Moya Brocardo, diz que a iniciativa da segunda-feira sem carne se juntou a um trabalho que já era feito para fornecer alimentação mais saudável. “Temos aqui na escola uma horta, e os alunos acompanham o crescimento das verduras desde o primeiro ano”, diz.

Enquete

De qual capa do Joca em 2022 você mais gostou até agora?

Comentários (20)

  • Vitor de Jesus Silva beserra

    1 ano atrás

    Vitor de Jesus Silva beserra. 5 ano B . Professor José parada . As vezes é bom conhecer outros tipos de alimentação, Como troca de cardápio, tipo o feijão pela lentilha . Aqui em casa nos colocamos uma diferença sem glúten e sem lactose. Foi difícil se acostuma . Na verdade eu gosto de comida que tem gordura e muito doce mais isso fez que eu ultrapassasse meu peso. . Hoje eu sei que o melhor pra todos nós e a comida saudável. Pois essa quarentena. Me deixou muito ansioso. Com a mudança na escola e em casa vou volta o meu peso normal parabéns pra todas as nutricionista. Precisamos de apoio pra toda a equipe.

  • Vitor de Jesus Silva beserra

    1 ano atrás

    Meu nome é Vitor de Jesus Silva beserra. Tenho 10 anos., sou aluno do 5=ano B . Escola E.E José parada . De franco da rocha. Professora Michelle. Eu concordo com uma alimentação saudável e com uma saude Boa. Hoje em dia uma boa alimentação e tudo principalmente pra no que somos crianças. Uma boa alimentação ajuda no nosso alto estima. Adorei essa mudança. Obrigado Joca.

  • E.E JOSE PARADA

    1 ano atrás

    Cortar o cardápio de carne não é uma tarefa nada fácil, mas abrir mão dela e de outros produtos de origem animal já faz uma grande diferença para a saúde e no impacto ambiental. De acordo com pesquisas 60% das perdas da biodiversidade é causada pela nossa dieta baseada em carnes e alimentos processados, entre as mais afetadas está a Amazônia, a maior floresta tropical do mundo. Além do mais, reduzir o consumo de carne vai melhorar a saúde e reduzir as emissões de gases do efeito estufa e de maneira, mesmo que indireta, vai estimular a presença de mais vegetais no nosso cardápio. Visto que causa muitas mudanças significativas é positivas é importante apoiarmos esse projeto "Sem carne ás segundas-feiras", o inicio de uma grande mudança. aluno, Erick Fernandes Aquino de Souza

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    A MARIA ISABEL DO 1º ANO D DISSE QUE APRENDEU A COMER VERDURAS E LEGUMES NA ESCOLA E ACHA MUITO IMPORTANTE APRENDER COMER COISAS DIFERENTES.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O FELIPE DO 1º D DE 7 ANOS DISSE QUE NÃO É BOM COMER MUITA CARNE, PRECISAMOS DE OUTROS ALIMENTOS PARA NÃO FICAR ENJOADO.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    A POLYANA, A ISABELLA E A JAMILE DO 1º ANO D, TODAS DE 6 ANOS FALARAM QUE COMER CARNE É IMPORTANTE, MAS QUE CONHECER OUTROS SABORES E COMER FRUTAS, VERDURAS E LEGUMES TAMBÉM É MUITO BOM.

  • FILLIPE FERREIRA MEDRADO

    1 ano atrás

    Isso é verdade

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    A ANA BEATRIZ DO 1º D DISSE QUE CARNE É MUITO BOA, GOSTA MUITO DE BIFE, MAS COME FRUTAS, VERDURAS E LEGUMES TAMBÉM.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O PEDRO DE 7 ANOS DISSE QUE NÃO PODEMOS COMER CARNE TODOS OS DIAS PORQUE ENJOA.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    JULIA DO 1º D DISSE QUE TODOS OS ALIMENTOS SÃO IMPORTANTES E TÊM VITAMINAS.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O ARTHUR DO 1º ANO D DE 6 ANOS ACHA MUITO IMPORTANTE COMER FRUTAS, VERDURAS E TAMBÉM EXPERIMENTAR ALIMENTOS QUE NUNCA COMEMOS.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    KEZIA DO 1º ANO E DE 7 ANOS DISSE QUE ADORA MASSAS, NEM LIGA MUITO PARA CARNES.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O MIGUEL DO 1º ANO E DE 6 ANOS DISSE QUE COME MUITAS FRUTAS E QUE ELAS FAZEM BEM PARA O NOSSO CORPO.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O IGOS DO 1º ANO E DE 6 ANOS DISSE QUE FRUTAS ALÉM DE GOSTOSAS PODEM AJUDAR NA CURA DE DOENÇAS.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    O RAFAEL DO 1º ANO E DE 7 ANOS DISSE QUE FRUTAS E VERDURAS SÃO MELHORES QUE CARNE COM GORDURAS QUE PODEM DAR DOENÇAS.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    AS ALUNAS ANA LUISA E ISABELLA DO 1º ANO E ACHAM MUITO IMPORTANTE CONHECER OUTROS ALIMENTOS QUE FAZEM BEM PARA A SAÚDE E BEM MELHORES QUE A CARNE.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    NA EMEF LAERTE ( ESCOLA DO MUNICÍPIO DE OSASCO) TAMBÉM ADERIU ESSA CAMPANHA DE " SEGUNDA SEM CARNE" AS ALUNAS NITCHELLY, YASMIN, ISABELLE, GENIFFER E LARA LORENA, ALUNAS DO 4º ANO D, APROVAM TOTALMENTE O CARDÁPIO DA SEGUNDA-FEIRA GERALMENTE É SERVIDO ARROZ, FEIJÃO, SALADA DE PEPINO E OVO MEXIDO. PARA A SOBREMESA SEMPRE TEMOS FRUSTAS. DELÍCIA DE INTERVALO.

  • EMEF Prof. Laerte José dos Santos

    5 anos atrás

    ...PARABÉNS HENRIQUE! ESCOLA DE PONTA SEMPRE COM PROJETOS INOVADORES PARA A EDUCAÇÃO. EM ESPECIAL , NOTA DEZ, ESSA COORDENADORA NÁDIA MOYA, SEMPRE PLANTANDO NOVOS SABORES PARA UMA EDUCAÇÃO SAUDÁVEL. ABRAÇOS PROFESSORA TELMA

  • Alane Cristina Barbosa

    5 anos atrás

    A proposta realmente é muito válida em relação ao hábito alimentar, melhorando a saúde, pois as carnes detém gorduras e colesterol, além das toxinas presentes nas rações e hormônios dados aos animais. E é muito importante que a criança aprenda a degustar e apreciar os legumes e verduras riquíssimos em diversos nutrientes. Profªs Márcia Aparecida - João Larizzatti Alane Barbosa - João Campestrini

  • Jornal Joca

    5 anos atrás

    Com certeza, professoras Márcia e Alane. Alimentação saudável é fundamental! ;-)

Compartilhar por email