Após mais de um ano de ensino remoto, muitos estudantes continuam sentindo falta do dia a dia na escola. É o caso da jovem Helena G., 9 anos, de Vitória (ES). “Acho mais fácil estar sempre nas aulas presenciais porque sinto que estar na escola é mais legal”, conta.

Longe do colégio, é comum ficar desmotivado nas aulas. Para evitar que isso aconteça, Helena segue uma dica da professora dela: abrir a câmera. Assim, ela sente que a professora tem certeza de que ela está prestando atenção à aula. Outra proposta da jovem é aproveitar a tecnologia. “Podemos pesquisar coisas sobre a matéria para entender melhor. Isso me deixa motivada — só não faço isso na prova, é claro!”, diz

Por outro lado, a irmã dela, Clara G., 6 anos, pensa diferente. “Acho que é mais fácil estar em todas as aulas quando elas são on-line, porque ir até a escola dá mais trabalho.” Mesmo assim, Clara diz que fica desmotivada a distância: “Participo mais nas aulas presenciais, porque tem mais pessoas, a gente brinca no parque e no ginásio”.

Já Raphaelly S., 11 anos, de São Paulo (SP), conta que mantém a mesma frequência nos dois modelos de ensino. A dica dela é para que os alunos tentem se sentir na escola, mesmo em casa: “Nada de ficar deitado ou de pijama. Evite distrações durante a aula e separe um cantinho para os estudos. Eu, por exemplo, sento à mesa com todo o material do dia”.

Dica da especialista
“Uma boa ideia é fazer as coisas que você faria antes de ir para a escola, como tomar café da manhã e lavar o rosto. Aproveite os intervalos para comer, usar o banheiro e se organizar. Isso vai ajudar a ter mais concentração nas aulas: você vai conseguir acompanhá-las desde o início e sem muitas distrações. Muitas vezes, é difícil se preparar antes, então uma ideia é manter uma agenda e olhá-la no dia anterior. Se não conseguir fazer isso sozinho, peça ajuda para seus pais.” Tina Turkie, professora na Stance Dual School, São Paulo (SP)

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 169 do jornal Joca.

Enquete

Qual destes assuntos de capa do Joca em 2021 você achou mais interessante?

Comentários (0)

Compartilhar por email