Avião caiu com 66 passageiros a bordo

O governo do Egito encontrou partes do avião desaparecido da EgyptAir no Mar Mediterrâneo.
Com isso, descobriu-se que a aeronave que tinha sumido dos radares realmente caiu no mar após fazer manobras bruscas e perder contato com os controladores de voo.

Eles acharam pertences pessoais e partes do avião A320 da Airbus a 300 quilômetros da cidade egípcia de Alexandria.

A França enviou um avião especial que fez buscas marítimas para se unir a embarcações francesas, gregas e egípcias.

O avião com 66 passageiros e tripulantes a bordo viajava a 37 mil pés de altura quando fez uma manobra brusca, caiu e desapareceu dos radares.

Ainda não se sabe a causa da queda do avião.

Avião da EgyptAir cai no mar em rota entre Paris e Cairo

Autoridades egípcias disseram que é possível que houvesse ocorrido um atentado terrorista, em vez de um problema técnico mas nenhum grupo extremista reivindicou a ação.

O avião saiu do Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, às 23h09 (hora local), rumo ao Cairo, mas perdeu contato quando já estava a 18 quilômetros dentro do espaço aéreo egípcio.

A expectativa era de que ele pousasse em cerca de 30 minutos na capital egípcia, mas a tripulação não mais respondeu aos contatos.

A aeronave fez “movimentos bruscos”, teve uma perda rápida de altitude e depois desapareceu dos radares.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (1)

  • 2 meses atrás

    nossa meu deus

Compartilhar por email