O artista plástico mexicano Enrique Chiu pintou um desenho e uma mensagem de paz e união no muro construído pelo governo americano em 1994, em Tijuana, na fronteira entre o México e os Estados Unidos.

O artista queria dar uma nova cara ao muro e fazer com que os imigrantes o vissem de outra forma. “O mural pretende mandar uma mensagem a favor da migração”, comentou.

Enrique é dirigente da Fundação Nacional de Artistas Independentes e iniciou o projeto em agosto de 2016. Na época, ele apresentou o “Muro da Irmandade” nas redes sociais e por causa das respostas positivas, começou a pintá-lo em dezembro.

Enrique com um dos artistas anônimos que ajudou a pintar o mural | Reprodução

O artista tirou fotos da obra e atraiu os olhares de artistas de outros países, como Argentina, Egito, Espanha e Venezuela, que expressaram por telefone o desejo de colaborar com o mexicano.

Atualmente, há mais de 2 mil pessoas participando e ajudando na pintura.

Sete meses após a limpeza e a pintura das placas metálicas do muro, ele está perto de ser reconhecido como um recorde pelo Guinness, importante livro de recordes mundiais.

Reprodução

Enrique afirma que além do mural em Tijuana, ele planeja espalhar as cores em outras cidades mexicanas de fronteira como, por exemplo, Tecate e Mexicali. “As pessoas têm muita fé e queremos fazer em novas cidades”, diz o artista ao prometer: “Vamos fazer um dos maiores murais do mundo”.

O mural, no entanto, está apenas pintado no lado mexicano e o artista afirma que por enquanto é “impensável” reproduzir a obra no lado americano por conta da relação entre os dois países e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O muro

Com dois quilômetros de extensão, o muro está localizado na fronteira entre México e Estados Unidos, em sua maior parte definida pelo Rio Bravo, que desemboca nas águas do Golfo do México.

Os Estados Unidos começaram a construção do muro em 1994, com a intenção de dificultar a entrada de seus vizinhos mexicanos em território americano. O muro é feito de painéis metálicos e já cobre um terço dos 3.152 km de fronteira entre os dois países.

O atual presidente americano, Donald Trump, já anunciou que pretende aumentar o muro. A construção deve ter início em 2018.

Enquete

Na sua opinião, até agora, qual foi o fato mais importante de 2020 (além da pandemia do novo coronavírus)?

Comentários (2)

  • Isabella Souza

    3 anos atrás

    isso e muito bom,pois e trabalho em equipe, gostei muito da historia. gostaria se saber mais .

  • Joca

    3 anos atrás

    Que legal que vc gostou, Isabella! Sete meses depois do inicio dos trabalhos, o muro pintado já ultrapassou os dois quilômetros de arte e cor. Enrique é dirigente da Fundação Nacional de Artistas Independentes, e contou que sua vida na fronteira, onde chegou aos nove anos de idade, o fizeram enxergar a região de uma maneira feliz, como a que ele expressa em sua arte. Chiu disse que mais de 2 mil pessoas já pintaram o mural, entre elas artistas de países como Argentina, Egito, Espanha e Venezuela. A cada fim de semana aparecem mais pessoas, e o mural cresce mais alguns metros, tudo isso entre cactos, árvores e terra, ainda que algumas áreas sejam de difícil acesso.

Compartilhar por email