Saiba mais sobre os resultados de um estudo sobre espécies de seres vivos ameaçadas de extinção, divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU)

Impactos ambientais
O relatório da Plataforma Intergovernamental Para Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos – Ipbes (saiba mais na página 5) mostrou que muitas espécies de animais e plantas podem desaparecer nos próximos anos se o ser humano continuar interferindo intensamente na natureza.

Brasil 
O país abriga muitas espécies de animais e plantas ameaçadas de extinção. Veja algumas delas:

Castanheiras
Estados: Rondônia, Acre, Amazonas, Pará, Minas Gerais, Mato Grosso, Roraima e Amapá.
Principal ameaça: desmatamento para dar espaço a construções ou criação de gado.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra o topo de uma castanheira. Imagem: Getty Images.

Pau-Brasil
Estados: Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia.
Principal ameaça: exploração para fins comerciais.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra uma árvore-Brasil, com tronco fino e galhos cheios de folhas. Imagem: Getty Images.

Araucária
Estados: Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Principal ameaça: exploração para fins comerciais.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra o topo de algumas árvores araucárias, com galhos bem no alto. Imagem: Getty Images.

Tatu-bola
Estados: Goiás, Bahia e Minas Gerais.
Principais ameaças: caça e destruição do habitat.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra um tatu-bola em cima de uma área de vegetação. Ao fundo, árvores. Images.

Lobo-guará
Estados: Maranhão, Piauí, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Distrito Federal.
Principal ameaça: destruição do habitat.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra um lobo-guará. Ele anda sob suas quatro patas, em cima de uma região de vegetação baixa. Imagem: Getty Images.

Arara-azul
Estados: Amapá, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, São Paulo, Tocantins e Amazonas.
Principais ameaças: tráfico e destruição do habitat.

#pracegover: imagem em preto e branco mostra duas araras-azuis em cima do tronco de uma árvore. Imagem: Getty Images.

Números totais
8 milhões é o número aproximado de espécies de animais e plantas que habitam a Terra. A classe dos insetos é a que tem o maior número de espécies: 5,5 milhões.

O que significa o termo “espécie”?
A ciência define espécie como o conjunto de indivíduos semelhantes que, ao se relacionar, são capazes de produzir filhotes saudáveis. Exemplos de aves de espécies diferentes: papagaio, canário e calopsita, entre outros.

A seguir alguns dados do estudo:
40% das espécies de anfíbios estão ameaçadas de extinção.
33% dos mamíferos marítimos correm o risco de desaparecer.
10% é a estimativa média de espécies de insetos ameaçadas.
23% dos pássaros ameaçados de extinção frequentam áreas que já foram impactadas pelas mudanças climáticas, o que pode causar alterações nos ecossistemas.
6% das florestas nativas do planeta foram eliminadas entre 1990 e 2015.
Ao menos 680 espécies de vertebrados já foram extintas em consequência de ações humanas desde o século 16 (1501-1600).

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 131 do jornal Joca.

Fontes: CNCFlora, EBC, Época, Globo, Ipbes, UFMT e WWF.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (4)

  • Pierre correia

    2 meses atrás

    Triste isso acontecer, aos poucos estamos perdendo

  • Mattheus Alexandre Cruz bomfim

    3 meses atrás

    Triste essa situação

  • roberta

    10 meses atrás

    muito triste a situaçao atual

  • Maria Eduarda Copede Carignato

    2 anos atrás

    que triste

Compartilhar por email