A cultura do Peru foi o destaque da cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de Lima, capital do país. O evento esportivo segue o estilo da Olimpíada, mas é realizado com a participação de nações das Américas. Apresentada no Estádio Nacional, no dia 26 de julho, a festa trouxe danças e músicas típicas, elementos da história peruana e referências à gastronomia do país.

A delegação brasileira participou com 110 pessoas na abertura. Pela primeira vez na história da competição, a bandeira do Brasil foi carregada por duas mulheres: as atletas da vela Martine Grael e Kahena Kunze, medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ao fim do evento, a pira pan-americana, símbolo da competição, foi acesa pela jogadora de vôlei peruana Cecilia Tait, medalha de prata na Olimpíada de Seul, de 1988.

Até o fechamento desta edição, o Brasil estava em terceiro lugar no quadro geral de medalhas, com seis de ouro, quatro de prata e nove de bronze. Estados Unidos e México ocupavam as duas primeiras posições, respectivamente.

Fontes: Folha de S.Paulo, Lance, Gazeta Esportiva e UOL.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 134 do jornal Joca.

Enquete

Há quanto tempo você é leitor do Joca?

Comentários (0)

Compartilhar por email