Aparelho que será usado para aplicação da vacina. Foto: University of Cambridge

Uma vacina contra a covid-19 que não requer a utilização de agulhas está sendo desenvolvida pelas universidades inglesas de Southampton e Cambridge. O objetivo é fazer com que o imunizante, chamado de Dios-CoVax, entre no organismo por meio de um jato de ar, que seria aplicado na pele da pessoa em menos de um segundo.

De acordo com os pesquisadores, o novo modelo será útil para aqueles que têm medo de agulhas, já que os indivíduos não teriam que sentir nenhuma dor ao ser vacinados.

Além disso, a nova vacina pretende proteger contra as mais diversas variantes do coronavírus – tanto as que já existem, como outros tipos de coronavírus que podem surgir no futuro.

Para isso, os cientistas querem fazer com que o imunizante seja capaz de destruir estruturas que estão presentes no corpo de todas as variantes conhecidas do coronavírus. Ao atingir essa estrutura, o vírus seria prejudicado. “Os alvos da vacina serão os elementos que estão na estrutura de todos os chamados ‘beta-coronavírus’, que são os vírus que mais ameaçam a saúde dos humanos. Essas estruturas são muito importantes para a sobrevivência do vírus, o que significa que é improvável que isso mude no futuro.”

Em outras palavras, isso significa que mesmo que o coronavírus sofra mutações, as chances de ele deixar de ter essa estrutura são muito pequenas. E se todas as variantes, tanto as que já existem como as do futuro, possuírem essa estrutura, a vacina será eficaz contra todas as diferentes cepas que possam vir a existir.

Fase de testes

No momento, a vacina Dios-CoVax está sendo testada pelos pesquisadores, com o objetivo de comprovar sua eficácia e segurança. Os voluntários que estão participando dos estudos precisam ser saudáveis, ter entre 18 e 50 anos e já ter tomado, no máximo, duas doses de uma das vacinas contra a covid-19.

Fontes: Universidade de Southampton e Universidade de Cambridge.

Enquete

De qual capa do Joca em 2022 você mais gostou até agora?

Comentários (2)

  • kingofgold2112@

    7 meses atrás

    Tenho muito medo de agulha, to pensando em ir para a Inglatera me vacinar. vou economizar. Gostei da materia, muito informativa.

  • Natália de Oliveira Castro

    7 meses atrás

    espero que funcione e venha logo para o brasil

Compartilhar por email