Desde meados de março, quando a quarentena começou no Brasil, a casa de crianças e adolescentes de todo o país mudou. De repente, ela se tornou local de estudo, escritório para alguns pais, espaço de lazer… Como é lidar com tudo isso ao mesmo tempo, por mais de seis meses? Veja o que dois leitores do Joca responderam.

“Para mim, parece que o tempo está passando mais devagar. Estou tendo aulas on-line e, no tempo livre, brinco e jogo com os meus irmãos, leio livros e fico no videogame e tablet. Sinto falta de passear nos fins de semana com os meus amigos e de ir todos os dias para a escola. Eu tenho dois irmãos. Se eles não estivessem aqui, eu ficaria ainda mais entediada. Antes do isolamento, eu quase não ficava em casa. Acho que eu me aproximei da minha família com a quarentena”, Namie I., 9 anos

“A quarentena não está sendo muito chata porque eu tenho muitas coisas para fazer em casa, como falar com meus amigos pelo WhatsApp, jogar videogame com eles, fazer as lições, ajudar a minha mãe. Mas, ao mesmo tempo, não é tão bom, porque é um pouco sem graça não poder sair para jantar fora, ir à casa de um amigo ou à escola. Prefiro estudar na escola. Quando temos dúvida em uma lição, por exemplo, a professora está ao nosso lado e fica mais fácil para resolver”, Guilherme S., 11 anos

O que fazer com tudo isso?
“Como várias outras dificuldades que nós já enfrentamos na vida, a pandemia também vai passar”, diz Marta Gonçalves, psicóloga, psicopedagoga e professora do Instituto Singularidades. “O melhor remédio que a gente pode ‘usar’ nesse momento é olhar para a frente, para quando tudo chegar ao fim. Os jovens que estão angustiados com tudo o que está acontecendo precisam saber que não se sentirão assim para sempre. Tudo vai passar.”

Quer dividir com o Joca sua experiência na quarentena? Escreva para joca@magiadeler.com.br.

Esta matéria foi originalmente publicada na edição 157 do jornal Joca.

Enquete

Pelo o que você mais está esperando em 2022?

Comentários (2)

  • Matérias do Joca sobre o novo coronavírus – Jornal Joca

    6 meses atrás

    […] Como tem sido passar tanto tempo em casa? […]

  • Isabel. S B

    1 ano atrás

    eu min sentir meio triste por que eu não posso ir para e escola mais esta sendo bom qué fico. em casa brinco estudo nåo tenho qué acordar cedo e tudo muito novó mais tudo vai passar

Compartilhar por email