Livro Eu Estou Aqui (Editora Panda Books). Arte: Ana Beatriz Pádua
Livro Eu Estou Aqui (Editora Panda Books). Arte: Ana Beatriz Pádua
Livro Eu Estou Aqui (Editora Panda Books). Arte: Ana Beatriz Pádua

Por Maria Carolina Cristianini, editora-chefe do Joca

Sabia que mais da metade da população mundial de refugiados é formada por pessoas com menos de 18 anos? É o que aponta a Agência da Organização das Nações Unidas Para Refugiados (Acnur).

O assunto é tão importante ao redor do planeta que a escritora brasileira Maísa Zakzuk decidiu conhecer crianças refugiadas e imigrantes que vivem em nosso país e criar o livro Eu Estou Aqui (Editora Panda Books) – clique aqui para entender a diferença entre refugiado e imigrante.

As histórias que Maísa conta viajam por 12 locais: Angola, Bolívia, Coreia do Sul, Haiti, Líbia, Marrocos, Palestina, Paraguai, República Democrática do Congo, República Dominicana, Síria e Venezuela. Cada território é representado por uma criança refugiada ou imigrante vivendo atualmente no Brasil.

Além de saber o que trouxe cada criança e sua família para outro país – muitas vezes, distante demais de sua origem –, o livro apresenta algumas características culturais superinteressantes. Por exemplo:

• Você sabia que a cidade de São Paulo tem uma feira que é ponto de encontro para imigrantes da América Latina no Brasil, como bolivianos? É a Feira Kantuta, com comidas típicas, artesanato e apresentações de dança, entre outras atrações.

• E que na República Democrática do Congo existe uma brincadeira muita parecida com a nossa amarelinha? Por lá, o jogo se chama muke.

O livro vai conduzir você por uma viagem de compreensão sobre as razões que levam tantas pessoas ao redor do mundo a sair de casa em busca de uma vida diferente em outro lugar. Por isso, o convite está feito: hora de conhecer as 12 crianças de Eu Estou Aqui e pensar: como você se sentiria no lugar delas?

Ah, antes que eu me esqueça: o Joca já entrevistou crianças refugiadas que vivem no Brasil. Clique aqui para conhecer essas histórias também.

Boa leitura!

Enquete

Qual é o acontecimento mais esperado de 2020?

Comentários (0)

Compartilhar por email